19 julho 2018

não flutua

Na cena internacional, nada parece correr bem a Espanha nos últimos meses, e os seus rivais tradicionais - os países protestantes do norte da Europa e da América do Norte - não perdem nenhuma oportunidade.

O caso dos independentistas catalães, e a maneira como são perseguidos pela justiça espanhola, tem reavivado as memórias da Inquisição e do franquismo na imprensa internacional.

Mas, como se isso não bastasse, agora é a Armada Espanhola o alvo da chacota.

A Espanha resolveu desenvolver um novo submarino da sua própria lavra. O custo já vai em três ou quatro vezes o originalmente previsto.

É que, na primeira versão, o submarino não flutuava quando submerso. Por outras palavras, quando submergia, já não conseguia voltar à superfície, o caminho era só para baixo.

Os engenheiros resolveram então alargar o submarino em cerca de dez metros para resolver o problema.

Só que agora não há porto em Espanha com largura suficiente para o acolher.

No estrangeiro, a comunicação social diverte-se (cf. aqui).

Dentro de algum tempo, quando o Tribunal da Relação do Porto se pronunciar, novo escândalo internacional, de que eu serei o primeiro a dar notícia aqui no Portugal Contemporâneo: "Advogada portuguesa, trabalhando em regime de profissão liberal, inflige pesada derrota à sociedade espanhola de advogado Cuatrecasas, a segunda maior da Europa continental".

E eu já imagino a Cuatrecasas, de rabo entre as pernas, a retirar-se para Espanha. Submarino ao fundo.

7 comentários:

Rui Alves disse...

Agora fez-me mesmo lembrar o Raúl Solnado:

https://www.youtube.com/watch?v=dx7ekSSL2Rc, a partir dos 00:50

Manolo disse...

No cantes victoria antes del final del juego.

marina disse...

comparado com o "roubo" de Tancos o que são erros de projecto? porque o sub ainda não foi sequer construído.

Anónimo disse...

Olhem que o Manolo sabe bem o que escreve.

Anónimo disse...

Será desta?

https://www.jn.pt/local/noticias/porto/porto/interior/presidente-do-s-joao-ameaca-demitir-se-se-governo-nao-libertar-verbas-9624696.html

Anónimo disse...

não, o homem está a proteger o couro para quando lembrarem-se de perguntar porque é que continua tudo parado ele tiver para quem apontar

Anónimo disse...

o que também é bom, quer dizer que ainda se sente um ligeiro aperto na adm. do S. João

Anónimo@11:37