09 setembro 2015

what a joke

A responsável (Merkel) avisou, no entanto, que os refugiados têm de obedecer às leis alemãs e defendeu junto da comunidade que é preciso que os recém-chegados devem ser integrados na sociedade.

"Temos de tornar claro quais são as regras que se aplicam, e não devemos simplesmente assistir a que certas comunidades fiquem isoladas, rejeitem a integração e criem sociedades paralelas"

2 comentários:

marina disse...

tao inocente , quase parece um homem :)
pensando bem , para nao se importar de ver a sua casa cheia de malta estranha , eh capaz de ter um forte espirito masculino beta :)

Antonio Cristovao disse...

Uma declaração que é um tratado de boa politica. Comparar com as palhaçadas inglesa, francesa e tentativa de de Penela de seguir os exemplos dos cretinos, cujo resultado está a vista, bast visitar esses baluartes da "liberdade" e de holadinhos e camaroes.
O que ainda mais destaca é que a Merkl, é fruto da educação do lado sovietico do mundo!!