19 agosto 2014

depois admiram-se da descredibilização do economista

"Menos guerras prejudica a economia? Ninguém defende o conflito armado como estímulo, mas alguns levantam a questão de saber se a desaceleração da economia mundial está relacionada com um período prolongado de paz." negocios.pt

4 comentários:

marina disse...

A corrupção generalizada tem a ver com a paz podre. A europa Conchita , o homem de sasias e barba postiça também.. A economia até e o menos importante. A perda de agressividade ,a cobardia , a anulação das qualidades masculinas pelo politicamente correcto , isso é que é lixado :).

Rui Alves disse...

Outra vez não! Lá temos que explicar a esses cretinos, pela enésima vez, a falácia da janela quebrada:

https://www.youtube.com/watch?v=gG3AKoL0vEs

PS: Recomendado também aos que defendem autarcas e políticos caloteiros que "fazem obra".

mujahedin مجاهدين disse...

Paz? Onde?

pvnam disse...

Nazismo não é o ser 'alto e louro', bla bla bla,... mas sim... a busca de pretextos com o objectivo de negar o Direito à Sobrevivência de outros!
-> Nota: para além dos hitlerianos, existem outros... um exemplo: os 'HOLOCAUSTERS' MAIS MASSIVOS DA HISTÓRIA (na América do Norte, na América do Sul, etc) são precisamente aqueles que buscaram/procuraram pretextos para negar o direito à Sobrevivência de Identidades Autóctones... nomeadamente, e em particular... aqueles que argumentam que a sobrevivência de Identidades Autóctones prejudica a economia.
.
.
.
P.S.
Pelo legítimo Direito à sobrevivência de Identidades Autóctones: Separatismo-50-50.