21 março 2014

segundo o Eurostat

O trabalho e o estudo diminuem a esperança de vida

12 comentários:

marina disse...

pois é . não só em portugal mas tb na espanha , que ainda tem as taxas de desemprego e de abandono escolar mais elevadas , e claro , maior esperança de vida :) olé ! viva a peninsula .

marina disse...

já me ri um bocado :)

tric disse...

e maior endividamento...

Vivendi disse...

heheheehe

Olé!

E como se costuma falar... vamos com calma que Portugal ainda é nosso (as dívidas é que não são).

E quando os portugueses pararem de votar em nada que não diga respeito ao município onde vivem estou a crer que irão ganhar mais uns bons anos de vida.

Vivendi disse...

Como diria o estimado Prof. Arroja as dívidas não fazem parte da nossa tradição.

E agora para algo con pateta mente diferencial disse...

SE bem que as tenhamos há 900 anos

até já as pagamos com egas moniz com a corda ao pescoço

é um país de poetas

infelizmente são todos uns patetas alegres

é o fado

é fodido ser um Bocage crivado de debts


inda por cima estar crivado de dívidas e não ser um bocage com consciência de ser pobre e de carão moreno

hoje pensam ser todos poetas de petas como o pateta alegre do caçador simão

a 5000 euros por carabina

e a 500 mil de dívidas por eleição

e manter o estylo de vida é mesmo de poeta

e dos bons

já os maus,,,



معركة القصر hás-des.s. ser nossa outra vez
Friday, March 21, 2014
DOUGLAS ADAMS FROM THE ADAM'S FAMILY SAY'S - THE WORST POETRY IS THE AZGOTHS POETRY - THEY MAKE THE GOTH'S SUCK....DURANTE UMA AUDIÇÃO¨4 OUVINTES MORRERAM DE HEMORRAGIAS INTERNAS E SOBREVIVEU UM PORQUE ROEU A PERNA

O POETA É UM CRUZADO DO ABSURDO

O POETA AZGOTH TENTOU ....MAS O SEU INTESTINO GROSSO NUMA TENTATIVA

DIGA-SE DE PASSAGEM ALTAMENTE ALTRUISTA DE SALVAR A CIVILIZAÇÃO

SALTOU-LHE AO PESCOÇO E ESGANOU-O

O VOGON ERGUEU UMA SOBRANCELHA O QUE LHE TORNOU O NARIZ

À VASCO DA GAMA MENOS NÍTIDO

E PORTANTO NÃO FOI MAU NEM MESMO MAU-MAU

profe arroja?

bolas deve estar muito nexexitado com um nome desses

Salazar? foi mesmo um azar nunca nos sai o euromilhões né disse...

O POETA É UM CRUZADO DO ABSURDO

Como diria o estimado Prof. Arroja um poeta com um nome arrojado ao que parece e sem medo de arrojar-se em petas patetas nem em assumir as dívidas pois é professor come fiado ...do tal estado endividado,,,as dívidas não fazem parte da nossa tradição.

E agora para algo con pateta mente diferencial disse...

como diria?

já morreu e deixou-nos mais pobres

logo vi que era desses,,,

é por termos tantos desses

que nunca mais ficamos ricos

como os vasco do gamanço....

já os manifestos até dão saúde disse...

soares manifesta-se todo o santo dia e já vai quase no manel d'oliveira

Pancho Robre disse...

Buenos días.
Sou a Flor e estou preocupada com esta matéria.
Os portugueses vivem que se fartam e não carecem de quase nada. Quer dizer, um popó novo para mostrar aos vizinhos que fui aumentada.
– Isso foi o que disse a balança, Flor.
Cala-te Panchito, agora é a minha vez de falar. Se viver outros tantos anitos, a roupa que tenho chega e sobra… Faço uns rasgos discretos, mas modernaços para caber lá dentro. Desde que as mamas não se espipem da blusa, vou impecável. Quero disfarçar as linhas ondulantes da minha barriguita. Sim, já não tenciono ter mais niños, nem dum rato. Ainda se fosse uma ratazana atrevida. Uma mulher tem que ser forte e estar preparada para a aventura, ora! Agora só penso no dia 25 de Maio e não sei o que vou vestir!
- Ainda falta o 25 de Abril, mujer!
-Cala-te, meu revolucionário, eu sei o que estou a dizer. Talvez um vestido discreto, pois o Cavaquito pediu ponderação e bom senso. O meu voto é secreto. Um dia destes, se me deixarem, apresento-me aqui neste Portugal Contemporâneo.

Besos da Flor

carecem de escudos disse...

e de inflação

não vão é gostar dela mas habituam-se

mujahedin مجاهدين disse...

Isto é só gazeados ahahahaha!