26 janeiro 2006

dr. jekyll e mr. hyde

O Presidente da Comissão Europeia, segundo a TSF, advertiu «o Governo português para a necessidade de se «esforçar a sério» para pôr em prática as reformas estruturais».
Sem dúvida que o Presidente da Comissão está cheio de razão: Portugal é o país das reformas eternamente adiadas e, por isso, este empurrãozinho da União pode ser de extrema importância.
Só é pena ter chegado tão tarde. Havia de ter sido dado logo no começo do primeiro governo da coligação do PSD com o CDS, chefiado por Durão Barroso, que chegou precisamente ao poder com um ambicioso programa reformista, em contraponto ao imobilismo dos anteriores governos do PS. Que depois, uma vez lá instalado e para cumprir a tradição, meteu na gaveta.

9 comentários:

RS disse...

Sim, mas quem é quem?
:)

El Ranys disse...

Pois é, pois é.
Bem prega frei Tomás...

Anónimo disse...

Nem mais, nem menos!
Afinal, qual é a diferença entre os governos sucessivos....

Pé de Chumbo disse...

O presidente da comissão europeia, anda a comer mto keijo...:)

Rui Castro disse...

Só pode ser piada. Vindo de quem vem só pode ser mesmo uma grande graçola. Esta malta não tem mesmo verginha nenhuma na cara!

El Cordobez disse...

Pelo menos é coerente. Começa no MRPP, foge para o PSD; Chega a primeiro ministro, foge para a Europa; Invoca razões de Interesse Nacional para ir para a Europa e quando lá chega, vai de criticar este cantinho à beira mar plantado
Coerência meus amigos, o homem é mesmo linear...

esgoto disse...

Vem V.Exª falar de confiança? Por enquanto ainda não sofro de Alzheimer. E por favor não confunda confiança com conveniência, que é a palavra que melhor se ajusta a si e à comissão a que preside.

Anónimo disse...

You have an outstanding good and well structured site. I enjoyed browsing through it » » »

Anónimo disse...

Keep up the good work » » »