21 março 2017

As mulheres

As mulheres no centro da cultura católica (e ortodoxa) dos países do sul da Europa.

Os copos é para festejar.

Nos países do norte da Europa eles festejam mais os homens.

(What a discrimination, spending money on women! This guy, Dijsselbloem, does not know that in little Portugal the women-filled CIG and the Squeaky girls are watching him. They will put him in jail - 5 years!. If not for other reason, possibly because they cannot find a man who would spend money on them).

PS. O Jornal Oficial está indignado.

14 comentários:

José Lopes da Silva disse...

É verdade que já veio aí uma reacção contra "xenofobia e sexismo" da parte do BE. Tem lógica.




Mas já agora fica a pergunta: preferíamos que o sr. Bloem fosse mais politicamente correcto?

zazie disse...

Putas e vinho verde- sempre foi assim que se disse por cá.

Os psicopatas do BE desconhecem metáforas. São como os inquisidores- pegam no manual e procuram a grelha das blasfémias que dão direito à fogueira. Está feito o processo de intenção.

zazie disse...

É impressionante esta imbecilidade da leitura literal de tudo à cata de palavras espantalho.

E a grelha é apertadíssima e nada tem a ver com moral. Tem a ver com proselitismo de seita que precisa de ser protegida.

A Inquisção nunca chegou a tanto.

Anónimo disse...

Simplesmente mais um imbecil a “governar”.
Provavelmente a mulher também vem passar férias no sul da europa com as amigas, como muitas estrangeiras o fazem, e ele anda desconfiado no que é que os latinos, fogosos, andam a gastar o cacau.

Aliás zazie a inquisição foi útil, necessária e muito mais benevolente que os tribunais seculares. O resultado para a posteridade foi termos os tribunais que temos hoje, em que o acusado também tem o direito a um (homem conhecedor de leis) advogado de defesa.
Desde que o Vaticano abriu as portas aos historiadores, já existem uns quantos livros esclarecendo as pessoas sobre isso, não necessitamos de continuar agarrados à propagando holandesa, protestante, etc.

Ricciardi disse...

A questão prática e essencial é simples. Um estrangeiro não pode difamar o nosso país da mesma forma que ninguém poderá difamar a minha família.
.
A minha irmã pode levar com uma critica minha porque leva uma saia curta de mais é que parece uma menina da vida, mas se alguém ousar dizer à minha irmã que ela parece uma puta tem mesmo que ser posto na linha. No mínimo uma amputação das partes grosseiras.
.
Comigo é assim, convosco não sei.
.
Rb

m disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
zazie disse...

Imbecil- o gajo não difamou sequer a tua puta, quanto mais países. Os países não são gente e expressões idiomáticas são isso mesmo- metáforas.

E disse uma verdade, para o caso. Chateia os sub-abrantes que andam para aí com a "dinâmica notável" de Portugal".

José Lopes da Silva disse...

É claro que a maior parte da direita portuguesa está a reagir como a Zazie, sim, e é isso que faz sentido. Só o politicamente correcto poderia impedir o sr. Bloem de dizer uma verdade.

(Essas coisas da honra é só quando convém, claro.)

zazie disse...

São biblicamente estúpidos e sacanas xuxas porque desviam o que não interessa.

Anónimo disse...

Ricciardi
“Um estrangeiro não pode difamar o nosso país da mesma forma que ninguém poderá difamar a minha família.”
Eu diria mais, não só um estrangeiro, como qualquer pessoa. Portanto concordo!

“A minha irmã pode levar com uma critica minha... ...No mínimo uma amputação das partes grosseiras.”
Aqui já me deixa na dúvida. Depende da forma como diz a coisa... mas, difamar continua a não poder... lol
Se eu disser à sua mana; olhe que fica muito, gira, interessante, se vestir uma saia mais comprida, não muito justa, só o suficiente para deixar antever a sua linda forma. Estimula muito mais a curiosidade. Quereria amputar-me as partes grosseiras(?)?

Só mais uma coisa, nós podemos dizer o que quisermos, da forma que quisermos. Não podemos depois, covardemente, querer que os outros reajam como achamos que devem reagir. Temos de acarretar com as consequências das nossas acções, palavras, etc.
Se dissermos as coisas/agimos como entendemos, sem consideração/respeito pelos outros, então, os outros, têm a mesma liberdade de reagir como entendem.

José Lopes da Silva
“Só o politicamente correcto poderia impedir o sr. Bloem de dizer uma verdade.
(Essas coisas da honra é só quando convém, claro.)”
Lol lol lol Jasus... lol lol lol

O indivíduo em causa “esqueceu-se” que os países do sul, Portugal, Espanha, Grécia, mais a Irlanda ajudaram a salvar a banca alemã. E que a crise nesses países foi artificialmente criada, ou acentuada, para isso mesmo. Pois, pois...

zazie disse...

Lembrado pelo Abre-Latas

https://www.youtube.com/watch?v=GqPPIht0Xko

Anónimo disse...

http://expresso.sapo.pt/internacional/2017-03-22-O-que-disse-exatamente-Jeroen-Dijsselbloem

Toda a regra tem excepção. No expresso vem trancrito o que Jeroen Dijsselbloem disse. Depois é uma festa para os nossos alarves.

Abraços

Ricciardi disse...

Isso anónimo. Ninguém está autorizado a dizer mal da família sem consequências. Seja verdade ou mentira.
.
No caso do holandês ministro é uma perfeita inverdade.
.
A única verdade nesta estória é os países do norte terem corrumpido alguns políticos do sul para que estes comprassem submarinos e pandures, cenas que de facto não precisam e que se pode dar por equivalente a putas e vinho verde. Isto ao nível do estado. Ao nível dos particulares e empresas a ideia tem mais a ver com moeda, taxas de juros desfazadas, empréstimos etc.
.
Rb

Dognon Médard disse...

Olá

A fim de combater a pobreza e a exclusão de banco, oferecer on-line:

-Empréstimos comerciais
-Empréstimos pessoais
-Empréstimos de financiamento
-Empréstimos imobiliários

E tudo que variam de € 5.000 a € 500.000.

A taxa de juro do crédito é de 2% sobre o total do empréstimo e as condições do empréstimo são muito simples. Obtêm-se empréstimos solicitados num prazo de 72 horas após a apresentação.

Minha oferta é séria, você pode perceber através do procedimento que é procedimento legal entre empréstimos individuais.

Contacte-me hoje e deixe-me saber a quantidade de dinheiro que você quer emprestar.

Meu e-mail é: damienteveu@gmail.com

Com o prazer de ler