27 dezembro 2015

as minhas previsões para 2016

Saúde

As chamadas medicinas alternativas serão regulamentadas e entrarão em força no SNS. A começar pela homeopatia (ver aqui).

Educação

Serão criadas quotas para minorias, deficientes e "classes sociais desfavorecidas". Tudo a favor de uma alegada igualdade (os migrantes também serão contemplados com quotas).

Segurança Social

Será criado um plafonamento das reformas com um valor máximo de 1.000 €. E dentro de 20 anos, todas as reformas corresponderão ao SMN, emboras se continue a descontar o mesmo.

4 comentários:

Antonio Cristovao disse...

Se for possivel acrescente o rendimento garantido para cada cidadão. Tenho grande esperança que seja uma medida que vai alterar,reduzindo a vulnerabilidade dos mais desfavorecidos e das Pme as crises.

Bmonteiro disse...

Todos os deputados e políticos abonados com pensões por 8/10 anos de serviço 'público', verão desaparecer essas pensões.
Coitados. Dos Morgados & Coitos do Regime.

tricLebanon disse...

o militares vão tomar conta do país! os politicos a promoverem a Islamização da Europa e a guerra com a Santa Russia! e ...

Zephyrus disse...

Então o piropo foi criminalizado pelo PSD?

Emerge um novo totalitarismo que passa pela regulamentação das relações inter-pessoais. Isto não vai acabar bem.