17 setembro 2015

é desta gente que precisamos

Nem a guerra os impede de procriar.

Quero agradecer ao Observador a publicação desta piedosa imagem e a coragem de responsabilizar os europeus pela desgraça dos sírios.
Abram as fronteiras à Rahf, a bébé síria de 4 dias de vida.

20 comentários:

marina disse...

exacto. essa foto nao me comove. horrorriza me : como alguem pode per filhos num meio assim ? essa pessoa nao bate bem da bola , nao ama seus filhos . uns inconscientes.

Ricciardi disse...

Os perigosos terroristas agora são mães que não batem bem da bola.
.
Ele há cada uma.
.
Pamordeus.
.
Rb

Harry Lime disse...

marina,

Estás a dizer que esta mãe siria deveria abortar?

Rui Silva

Marco Beemote disse...

Sr. Lime,

Talvez não devesse fornicar, ou então tomar a pílula ou usar camisinha.

Marco

marina disse...

nao , nao devia era fornicar , ou devia praticar coitos interruptus , usar preservativo , pilula , cinto de castitade , qualquer coisa assim. nao devia procriar , tal e como as ocidentais sem meios economicos e com meio neuronio fazem.

e RB , o q tem a ver o rabo com as calças ? nao ha mulheres maes terrorristas ? oh praqui : Dentro da organização terrorista Estado Islâmico existe uma espécie de “força tarefa” constituída apenas de mulheres: a Brigada Al-Khansaa.

zazie disse...

Estava toda essa malta tramada se não procriasse por haver guerra. Já se tinham extinguido. Viverem em guerras tribais é o único modo de vida conhecido.

Harry Lime disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Harry Lime disse...

Esta cena é só inteligentes.

Mas vamos por partes:

Parte 1: toda a gente sabe que em sociedades "atrasadas" a unica forma de um individuo garantir a sua reforma é ter filhos que o sustentem na velhice. E mais do que isso: faz sentido tentarem procriar o mais possivel dado que nessas sociedades tribais porque a mortalidade infantil é muito alta.

Este é um ponto.

O outro ponto é mais pratico: a miudo nasceu há 4 dias, o que significa que foi concebido há cerca de nove meses (quando se calhar os pais até viviam em segurança!). Neste contexto peço a algum dos inteligentes que me explique outra forma de evitar que o puto nascesse na Europa sem ser por um aborto.

Está entendido ou é preciso fazer desenhos?

Rui Silva

zazie disse...

E até concordo com o título do post e do subtítulo.

Sim. Não é por meras tretas de planeamento de férias ou assim. Nada disto tem a ver com ser pobre. Tem a ver com bruto sentido vital.

Instinto de sobrevivência. Falta-nos, isso, pois. Por cá fazem contas a tudo, se for preciso até à conta do telemóvel ou a boa da realização profissional sentados à secretária, só para pouparem na procriação.

zazie disse...

Se há 9 meses viviam em segurança, então não são sírios

eheheheheheheh

zazie disse...

Falta o desenho do modo de vida nesses países que estavam em paz há 9 meses atrás.

":O))))))))))))))))

Harry Lime disse...

Aliás, relembro aos inteligentes "burgueses", meninos da cidade, que esta era mais ou menos a realidade portuguesa até há coisa de 40 ou 50 anos...

Mas pronto, esta nova geração de "burgueses" já esqueceu as suas origens e hoje em dia pensam que são todos "europeus", "civilizados". Um dia destes começam a dizer que as vacinas fazem mal como se faz nos paises "civilizados"

Que palhaços!

Rui Silva

Ricciardi disse...

Puta que pariu.
.
Parece que acordei num submundo hollyhoodesco ou num nível infernal de Dante, o Aglieri.
.
Eu não podia ser Deus por um dia. Nem por uma hora. Um segundo, talvez, para mandar um filho da puta dum raio que parta esta gente.
.
Há falta dum raio na mão, lá terei que usar o teclado que ainda por cima é virtual e lá se vai o telemóvel por simpatia. O que, confesso, já não era o primeiro, nem o segundo, nem o terceiro, nem o...
.
Rb

zazie disse...

Já procriaste?

AHAHAHAHAHAHAH

zazie disse...

Se calhar ainda não chegaste à idade adulta apesar dos teus papás já te terem dado autorização para jogares na bolsa.


":O))))))))))))))

Harry Lime disse...

zazie,

Eu disse que se calhar aquela familia em particular estava em paz. Mas mesmo que não estivesse, a primeira parte do meu post aplicar-se-ia.

Ou será possivel que só tenhas lido metade do meu comentario? :):)

Ou então, os pais pura e simplesmente queriam ter um filho. Ou agora só os ricos é que têm direito a ter filhos? Que m***a de logica é esta?

Atenção, as minhas criticas não são dirigidas a ti, zazie, são dirigidas aos outros inteligentes que falam de coisas que não sabem.

Rui Silva

Harry Lime disse...

zazie,

Os meus papas passam o tempo a darem-me na cabeça por causa da bolsa. Tive de fugir de casa para poder dar largas à minha liberdade. E els não falam comigo por causa disso.

:-):-)

Rui Silva

zazie disse...

Sim. Pura e simplesmente querem filhos porque as pessoas que ainda são normais da cabeça fornicam e têm filhos.
Os judeus vivem em guerra e fornicam. Os palestinianos idem. Só neste progresso aburguesado e besta é que se desistiu disso em troca de merdas hedonistas e imbecis.

A carreira, as férias, o planeamento, o direito ao corpo, a estética, a neura, o carro, as hipoteca da casa, a puta que os pariu que só emparelham para nada.

zazie disse...

Já dizem que o casamento nem tem rigorosamente nada a ver com a Natureza.

Essa malta toda do "toda a gente em toda a parte; as fronteiras matam; direito ao aborto e casório gay é por isso que milita, fora a legislação para eutanásia à borla, até para jovens adolescentes com neura.

Harry Lime disse...

zazie,

Estou 100% contigo.

Rui Silva