23 julho 2015

um desafio

Gostaria de desafiar o Mário Amorim Lopes, um ilustre Insurgente, a explicar-nos o que é a economia da saúde.
O Mário tem talento e formação para esta tarefa e, pelo contributos cívicos que vai dando, julgo que também não lhe faltará a predisposição para responder a desafios construtivos.

1. O que é a economia da saúde, Mário?
2. Se o Estado se arredar da saúde, como qualquer bom liberal desejará, continuará a justificar-se esta disciplina?
3. Nessa medida, a formação em economia da saúde não será apenas um meio de perpetuar o status quo?
4. Será desejável que o Estado continue na saúde?

Eu deixo já aqui as minhas respostas:

1. É uma invenção do socialismo.
2. Se o Estado sair da saúde, acaba-se a a Economia da Saúde.
3. Sim, os economistas da saúde são instrumentos de perpetuação do Estado na saúde, agindo em interesse pessoal.
4. Como libertário, penso que a minha resposta é evidente, fica apenas subentendida para evitar comentários obscenos.

:-)

PS: Peter Zwiifel, um "economista da saúde", põe o dedo na ferida neste excelente artigo de 2012: ‹‹a economia da saúde tem cada vez menos relação com a teoria económica geral››.

168 comentários:

Rui Alves disse...

Sabia que também há cursos superiores de informática para a saúde? Acha que são precisos? Acha que um informático será melhor a gerir um servidor Linux ou a optimizar uma base de dados Oracle dum hospital apenas porque teve umas cadeiras sobre administração hospitalar?

Imagine que é director dum hospital e tem que contratar um administrador para a base de dados onde residem dados clínicos e pessoais de meio milhão de utentes, bem como milhões de episódios hospitalares (urgências, consultas, internamentos, MCDT, etc.). Após um processo de recrutamento e selecção, tem duas alternativas à escolha: um licenciado em informática da saúde, ou um licenciado com especialização em segurança informática. Atendendo a critérios estritamente curriculares, quem prefere? Penso que é escusado eu dizer quem prefiro.

Então porquê esta onda de economia para a saúde, informática para a saúde, e sei-lá-mais-o-quê para a saúde?

Observe, por um lado, as estatísticas minguantes de alunos em cursos de economia e em muitos cursos de informática por esse país fora. Repare, por outro lado, que hoje em dia toda a gente é unânime a dizer que "a área da saúde é que está a dar". Portanto, está a ver, troca-se umas análises matemáticas ou umas electrónicas por contabilidade pública ou matérias de funcionamento hospitalar, e voilá, temos o mesmo produto de sempre, mas com um novo rótulo que vende bem.

A propósito, e claro que só por mera curiosidade, qual a profissão predominante entre aqueles que defendem a "necessidade" desses cursos?

Cfe disse...

Tanta treta do MAL e não toca no cerne da questão: porque as pessoas vão as urgências antes de qualquer outro meio de atendimento.

Tenho a impressão que os "estudiosos" desse tipo de problemas julgam as pessoas vão lá para passearem.

Rui Alves disse...

Por forma a evitar que cuidados desnecessários sejam prestados, o gateway de acesso continuaria a ser o sistema de referenciação das urgências, ou, em alternativa, a linha de Saúde 24.

??????

Gostaria de saber, caso o MAL fosse um enfermeiro do outro lado da linha de Saúde 24, se ele se atravessava a diagnosticar por telefone que um caso não era urgente.

"A criança tem cólicas? Não se preocupe, pelo sintomas que me descreve, de certeza são só lombrigas. Não vá à urgência, basta ir à farmácia comprar um vermífugo".

E mesmo que ele assumisse um diagnóstico telefónico, alguma mãe aceitaria?

zazie disse...

Em Inglaterra já é assim e uns mongos fazem perguntas imbecis e depois tem de ser ir a um médico privado.

zazie disse...

Cá o Saúde 24 é outra imbecilidade por que têm aquels idiota de call centers que não percebem corno.

E nem a porcaria de um computador usam para as pessoas enviarem rapidamente fotografias.

Descreve-se e, como nem português sabem, fica tudo besta a deturpar tudo.

zazie disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
zazie disse...

Nesta treta da Saúde é que não tolero paleio liberaloide,.

Porque o que eles querem é facilidade para encosto estatal de privado

Anónimo disse...

O paleio liberaloide neste sector é ainda mais cretino do que o habitual. Neste caso, a vantagem é que mudam todos quando há um primeiro stress, um filho precoce, uma doença inesperada , qualquer coisa que fuja do trivial.

zazie disse...

Aqui, sim. Aqui o liberalismo mostra a careca.

No resto até concordo em grande parte.

Não suporto estatismo mas ainda menos gosto que se brinque com a saúde das pessoas em nome de interesses privados.

Harry Lime disse...

é pá, se um tipo quer trabalhar em saude só existem duas alternativas válidas: ira para médico ou ir para enfermeiro.

Não quero parecer bota de elástico mas no meu tempo era basicamente isto.

Agora, não ponho duvidas que um medico, como um enfermeiro, como um informatico ou como um canalizador, deve esforçar-se por conhecer as implicações economicas da sua profissão. (deve ser isto que se chama Economia da Saude)

Rui Silva

Harry Lime disse...

Phonix, zazie, estás bue da xuxa hoje! :-):-):-)

Hoje ainda te vou ouvir dizer bem do 44!

Rui Silva

PS. O que eu fui dizer .................................

CsA disse...

zazie a revelar-se uma verdadeira estadista.

Ricciardi disse...

Conheci um caso de um gestor economista que mandou cortar numa rubrica com quatro letras onde estavam a gastar muita massa.
.
A rubrica era soro mas o gestor desconhecia a sigla pelo qual o soro era designado e achou por bem cortar 20% nas aquisicoes desse produto.
.
Foi despedido pouco tempo depois. O moço não fazia ideia do que tinha mandado cortar. Cortou uma despesa. É como este giverno.
.
E ainda levou com sérias acusações judiciais.
.
Um curso de economia da saúde parece-me bem. Quer pela complexidade da área, quer pela importância que tem.
.
Economia da Energia também era bom. Em vez de formarem economistas ou gestores formados em nada de especial, q saem das universidades sem perceber nada de nada, q saem prontos a trabalhar em financeiras e nada em indusyriad, dizia, uma especialização seria coisa boa.
.
No género dos médicos. Uma formação base comum e especializações a juzante.
.
Rb

Luís Lavoura disse...

A economia da saúde não serve só para instituições de saude estatais. Também serve para instituições de saúde privadas. Nos EUA, que é onde a economia da saúde foi inventada, ela serve sobretudo para as companhias de seguros privadas, que são nos EUA as principais fornecedores de cuidados de saúdes. Essas companhias gerem hospitais, centros de saúde, urgências, etc. Elas lá sabem porque é que necessitam de especialistas em economia da saúde.

Mas eu sugiro uma coisa ao Joaquim, uma coisa que não é socialismo: o sistema de saúde de Síngapura. É muito simples: cada um paga os seus cuidados de saúde a partir da sua Conta Poupança-Saúde individual. É um sistema inteiramente privado e baseado na poupança pessoal. O Joaquim não acha isso porreiro?

Ricciardi disse...

Eu proponho o mais liberal de todos os sistemas de saúde: Se estás doente e não tens massa... tivesses. Mais vale rico e com saúde do que pobre e doente.
.
A beleza do sistema de saúde gringo é esta: gastam o dobro dos europeus (socialistas todos eles, claro) e colhem benefícios semelhantes.
.
Pergunta-se: se os resultados são os mesmos e os gringos gastam o dobro da massa, que sistema escolher?
.
Rb

Ricciardi disse...

Eu prefiro a CPP. Conta Poupança Putas. A poupar que seja para alimentar as raparigas. Alimentar companhias de seguros não me motiva.
.
Rb

Luís Lavoura disse...

Ricciardi,

o mais liberal de todos os sistemas de saúde: Se estás doente e não tens massa... tivesses

Exatamente. O sistema de saúde de Singapura é, basicamente, isso. As pessoas são obrigadas a poupar (do seu salário) para uma Conta Poupança Saúde. Quando precisam de se tratar, tiram dinheiro dessa conta. Se a sua conta não tem suficiente dinheiro, podem pedir para tirar dinheiro da conta de um qualquer familiar ou amigo.

Esse sistema é absolutamente liberal: as pessoas são responsáveis pelos seus tratamentos.

Não entendo porque é que os liberais de cá, como o Joaquim por exemplo, não defendem um tal sistema.

jorge gaspar disse...

"A beleza do sistema de saúde gringo é esta: gastam o dobro dos europeus (socialistas todos eles, claro) e colhem benefícios semelhantes."
Com uma ligeira diferença: Os comprimidos que tomas, as máquinas com que te diagnosticam e operam, o conhecimento que te trata, foi todo ele ou praticamente todo adquirido nos Estados Unidos.
Se o sistema de saúde Americano (que não se pode considerar liberal desde logo devido ás milhares de regulações que existem no sector) se tornasse num sistema idêntico ao dos países socialistas, a saúde de todo o mundo começaria logo a piorar ou diminuiria muito o progresso que se tem verificado na área da saúde. A saúde é provavelmente a única área em que apenas o Estados Unidos estão na barreira tecnológica e todos os outros beneficiam das despesas gastas pelos Americanos.

Por outro lado, os gringos não colhem benefícios semelhantes aos restantes Europeus. Portugal por exemplo gasta 10% em saúde, mas é cada hospital que até mete medo. Eu falo por mim. Só tive más experiências com o sistema de saúde Português, e conheço muitos casos de mortes sem causa aparente em hospitais Portugueses (poderá ser coincidência o número de casos que conheço)

Quanta a Singapura. Não conheço o sistema de saúde deles, mas conheço outros dados.
Nos últimos 20 anos dobraram o nível de vida da população. O pib per capita PPP de Singapura era em 95 cerca de 1,6 vezes superior ao pib per capita PPP Português. Hoje é quase 4 vezes maior que o Português. Em Singapura houve um aumento de 40.000 dólares de produtividade média de cada trabalhador em 20 anos (em paridade do poder de compra), em Portugal houve um aumento de 4000 dólares (PPP), 10 vezes menos. Um Português ganha em média cerca de 900 euros, um Singapurense ganha em média, a preços de Portugal, cerca de 3000 euros. Realmente é preciso copiar o que Angola e o Brasil andam a fazer, porque Singapura é mesmo um mau exemplo.

marina disse...

o passos coelho pintou o ralo cabelo de loiro !!! jesus , q postiço. Zazie , como eh q podes gostar de tipo q pinta cabelo ? 😃😃😃😃😃😃

zazie disse...

Pintou?

Não vi. Quem te disse que eu gosto do tipo?

Eu nem votei nele. Vou votar agora porque a alternativa é de apavorar.

Como tu só votas em artistas de cinema é mais complicado.

zazie disse...

Mas vais votar no monhé, é isso?
No Jerónimo ou no enfezado do Tavares?

zazie disse...

Mas, por acaso acho uma coisa horrorosa homens a pintarem o cabelo.

O Arroja pinta.

Já nas mulheres não acho piada nenhuma esta moda lésbica de andarem grisalhas.

marina disse...

nao , nao voto em nenhum . acaba de mentir em directo : o foi o socrates q mudou a escolaridade para 12 anos , o projecto foi dele ; o passos diz q foi ele q implementou ( deu a entender q foram eles ) . o homem e tao falso como o cabelo 😈

marina disse...

o pa nao pinta o cabelo ,pelo menos nao dei por nada .

zazie disse...

Claro que pinta. É impossível não ter um único branco.

marina disse...

nao consigo ouvir mais . uma mistura de banalidades , meias mmentiras , mentiras inteiras , frases feitas , porra. como eh q alguem consegue ouvir politicos mais de cinco minutos eh q eh um misterio.

zazie disse...

Ele pode dizer o que quiser que eu voto na mesma.

Se é por isso, não te preocupes porque vou votar nele.

Normalmente também não voto mas agora é diferente porque trata-se do país.

E, por muito que os líricos digam que não altera nada porque são todos iguais, é mentira- altera e bastante e isso é notório em qualquer outro país.

Este safou-nos da bancarrota.

Como v.s se estão lixando e só pensam no curto prazo, preferem andar na onda da "luta contra a austeridade" porque é giro e parece do contra.

zazie disse...

Ah, e repito. o voto é mais decisivo que os desabafos e desejos de utopias em democracia directa ou com reviralho e reizinho.

Essas coisas podem ser muito interessantes se se constituírem como verdadeiro corpo teórico. Que depois entre na academia e tenha força para ifnluenciar ao longo dos séculos.

Menos que isso é desabafo aluado.

zazie disse...

Eu não tenho tv e nem ouço política no radio. Só música.

Portanto, vou sabendo pelo que leio e pouco mais.

Chega e sobra.

Euro2cent disse...

> Eu nem votei nele. Vou votar agora porque a alternativa é de apavorar.

Os nossos donos são bons nisto da chantagem pelo medo.

"Ah, se não votas no meu criado nº1, votas no nº 2."

Como se fizesse alguma diferença. Votar só os encoraja.

A única coisa que lhes pode meter algum medo é terem de explicar como é que os votos de uma fração minima da população os autorizam a ponta de um corno.

Mas até isso têm lata para disfarçar. Vá ver os números.

zazie disse...

Faz diferença, pois.

V.s é que são aluados.

Se têm alternativa prática, digam. Se têm teórica, escrevam-na.

Agora dizer que é tudo igual é idiota.

Há alturas na História que um pequeno nada altera muito.

Por exemplo- se o Sá Carneiro não tivesse morrido muita merda do presente creio que não existia.

Em Inglaterra bastou a Thathcher ganhar eleições para tudo, absolutamente tudo se alterar e ainda hoje se notam os efeitos.

Por cá nem é o Passos mas algumas pessoas que ele pode congregar.

Por exemplo- o ministro da Saúde tem sido excelente.
Ninguém como ele enfrentou e tanguiou farmacêuticas como o fez por causa do tratamento da hepatite B

zazie disse...

Ah e sim, só para chatear- quem nos safou da bancarrota foi o Gaspar.

Embrulhem.

Eu nem dava nada por ele por causa daquela cena chicaguense mas essas cenas desaparecem em indo para o poder e sabendo fazer as coisas.

O Tsipras é outro que até está a surpreender.

Como é que um pascácio marxista tem sentido de Estado e sentido patriótico como ele tem tido é de admirar.

zazie disse...

E nem sou eu quem tem a mania de homens providenciais.

São v.s

eehehhe

Querem salvadores mas depois recusam-se a apostar por voto em alguns, preferindo ficar a remoer utopias descabeladas.

zazie disse...

Os nossos donos fazem chantagem por medo e mais não sei quantos e os donos são os donos do dinheiro à escala mundial

Uma cena marada.

Mas depois acham que há milagre se pelas armas colocarem no trono o nosso reizinho que até é democrata e que só iria para o trono por votos e com partidos na mesma

":OP

zazie disse...

Ah, e com reviralho e reizinhos os donos mundiais até tremem.

zazie disse...

Vai jorrar das árvores. Não é preciso banca.

zazie disse...

Eu apenas sei de certeza o caos e merda que é se o monhé ganhar.

Ponto.

Vs. andam para aí a rosnar contra o Passos mas até parece que se ele perder vamos ter paraíso e alguém especial.

De tal modo especial que a esse nem ladram.

zazie disse...

O mais estranho até é outra coisa.

Eu tenho um certo pó a aluamentos, utopias e cabeças quente.

Mas não passo a vida ligada ao televisor e nunca na vida acompanhei a merda de uma campanha eleitoral.

Muitas vezes nem sei quando é o dia do voto. Não quero saber, não ligo, não perco tempo com isso e consideraria que estava choné se andasse na onda ou com pica e torcida.

Ora v.s são daqueles que nunca votam. São os que sonham com coisas de tal modo diferentes que nem passam pela imbecilidade das eleições.

São coisas que só v.s sabem e também não publicam livros a instruir a populaça das geniais alternativas que congeminam.

No entanto, em havendo esta trampa da pica eleitoral, quem passa o tempo a ver tudo, a acompanhar todos os detalhes de novela da treta são v.s

E depois chagam os outros e vêm dizer que o teu candidato e não sei quantos até pintou o cabelo e cortou as unhas ou depilou as axilas.

zazie disse...

Bem, para passar a vida ligada ao televisor era complicado porque nem tenho esse bicho


":OP

zazie disse...

Estou aqui concentradíssima a fazer downloads de selvagens

":OP

Selvagens mesmo.

Josand disse...

Uma vez que o Jaquim mencionou o artigo do MAL... E usando uma linguagem mais coloquial...

1. "O seu propósito era tratar feridos de guerra, casos de vida ou de morte que requeriam tratamento imediato. O que naturalmente exclui gripes ou dores de cabeça"

Quando se passa a vida a dizer às pessoas que na prevenção está o ganho também acontece isto.

É alguém que tem um formigueiro num braço ou numa perna e acha que pode ter um AVC.
Quando alguém tem uma dor no tórax e julga poder ter um Enfarte.
Quando alguém tem uma dor de barriga há uns dias e julga ter um cancro.
Quando alguém tem febre e julga poder estar a ter uma infecção generalizada(sépsis).
( há campanhas em curso, chamadas vias verdes, sobre isto).

Ou outras como Quando alguém tem uma dor de cabeça e julga poder ser um aneurisma que rebentou, etc etc.
Ou que tem uma gripe e lhe impingem todos os dias que existem coisas como Ébola, tuberculoses multirresistentes, pneumonias atípicas, etc etc.

A sociedade da informação e redes sociais vieram garantir acesso fácil a muitas coisas, inclusive Às desgraças todas e como tal todos podemos ter qualquer coisa "pq ainda no outro dia alguém que se conheceu teve não sei quê do nada"...


marina disse...

mas devias ter visto .mete tanta impressao como o socrates. bonecos articulados , cassete na barriga , a tentarem "agradar ao eleitorado" 😜😁 😈 uma fantochada.
nao quero ninguem q me tente agradar a governar , n gosto de graxistas 😃

Josand disse...

2. "Em termos de Triagem de Manchester verifica-se a persistência do peso elevado de atendimentos que são triados com cor branca, azul e verde, os quais poderiam eventualmente ser observados em outros níveis de cuidados menos complexos, apesar de este peso ter diminuído para 40,8% do total de episódios de internamento em 2014, quando esse valor ascendia a 42% em 2013. "
Isto é o que realmente está no Relatório mas é uma conclusão precipitada e abusiva. Os autores podiam relatar também o número de internamentos desses doentes e do tempo de permanência no Serviço de Urgência, isso podia dar uma pista acerca da necessidade ou não de ir ao Hospital. O facto de ser considerado pouco urgente na triagem não significa que não tenha gravidade.

3. "Em primeiro lugar, o custo/hora de uma urgência hospitalar é significativamente superior ao de uma consulta prestada fora da urgência"
Se é o preço que o Estado paga ao Hospital até pode ser verdade mas vejamos isto doutro modo: quantas horas de trabalho uma pessoa perde para fazer Análises, rx, ecografia ou TC se tiver de fazÊ-lo fora das Urgências? Num caso pode levar dias ou semanas e noutros algumas horas.

E somando esse preço desses MCDT's, feitos em regime de convenção por exemplo, se o somássemos ao preço da Consulta do Centro de saúde(o efectivo e não o que o utente paga)... seria mais barato do que no SU??? Talvez não mas é quase sacrilégio dizer isto.

zazie disse...

Então queres o quê?

Tu andavas todas entusiasmada com o Varoufakis e isso é descabelamento.

Este já se sabe como é. Não é por ir agora à tv que se transformou noutra coisa.

Josand disse...

4. "Mais importante ainda, o recurso permanente aos serviços de urgência põe em causa a boa prestação de cuidados a casos efectivamente urgentes, no sentido em que mobiliza recursos humanos e físicos para casos não-urgentes. Mesmo considerando que a triagem de Manchester garante alguma priorização, é inegável o impacto na qualidade dos serviços prestados."

Confesso que isto me deixou estupefacto da parte de quem defende teorias hedonistas e egoístas do Homem. Então um gajo acha que está doente e não deve ir à Urgência porque pode não ser grave(mas também pode ser) porque tem de preservar o sistema? Foda-se mas o sistema existe para funcionar, não é para ser emoldurado na parede.

Caso a mobilização de recursos fosse realmente o problema, uma vez que os hospitais fazem separação de doentes por níveis de prioridades e tipos de problemas, seria de esperar que as prioridades mais altas, uma vez que têm recursos próprios alocados exclusivamente , não teriam tempos de espera altos... Mas a verdade é que a Espera é grande em todas as prioridades, muito acima do estimado e seguro. Por isso esse argumento não colhe.

zazie disse...

Mas não digo nada.

Os meus amigos dizem que nestas coisas tenho mais cabeça de homem.

É provável porque nunca tive platónicas com ninguém e muito menos com políticos.

E nem me interessa para nada o tribalismo de campanhas.

Já se sabe quem são o que fizeram, o que vão fazer e quem vai atrás.

Basta-me não trocar o dia do voto e pronto.

É absolutamente impensável e besta, nesta altura e com este PS como está votar PS.

No resto nem merece a pena dizer que é patológico.

Josand disse...

5. "Embora a rede de cuidados primários tenha vindo a ser reforçada, em particular com a criação das Unidades de Saúde Familiares (USFs) e com a atribuição de médico de família, o recurso às urgências hospitalares está socialmente institucionalizada."

Não há qualquer estudo que indique que as populações cobertas por USF's recorrem menos aos SU's versus as não USF's. Aliás, desde há vários anos, que o número se mantém estável nos 6 milhões-ano, independentemente de existirem USF's.

Basicamente isto das USF serviu para aumentar milionariamente os salários dos médicos de família, em casos a chegar aos 10000 euros mês, em populações tendencialmente mais saudáveis que as não USF's e para fazer selecção adversa de doentes ou de problemas destes, com vista ao cumprimentos dos objectivos que conferem incentivos. É só ver a auditoria do TC aos Cuidados de Saúde Primários.

Aguarda-se anos após anos a demonstração inequívoca da superioridade desse modelo.

zazie disse...

«não é para ser emoldurado na parede.»

È pois. Não percebeu que os neotontos gostam muito de esnobar que não são pobres e portanto o sistema é mesmo apenas para emoldurar e dar pontuação de acordo com a cartilha?

Josand disse...

6. "Adicionalmente, diferenciar de forma mais pronunciada as taxas moderadoras para cuidados urgentes e não-urgentes, criando um incentivo económico à utilização dos cuidados primários em detrimento dos cuidados urgentes."

Vai atrasado. Já existe uma diferença de aproximadamente 2.5 x entre uma e outra. Por outro lado, mais de metade da população portuguesa é isenta e é principalmente esta que usa os SU's.

Josand disse...

7. Mas já chega...

Basicamente é isto: as Urgências estão cheias de gajos mal dispostos e que muitas das vezes fartos de os porem a trabalhar anos e anos a fio sob condições de merda, a ser insultados e a terem de dar a cara para dizerem que não conseguem atender 300 ou 400 pessoas quando elas querem(ou precisam) mas apesar disso, a maioria até é boa pessoa(mesmo estando sempre de trombas) e ficam estupefactos em como conseguem atender tanta gente em tão pouco tempo e outros, a trabalhar por incentivos, sem pressão, sem terem de lidar com metade da complexidade e gravidade, passam a vida a reclamar de que faltam médicos de família e que estes são mal pagos.

Vocês já viram quanto ganham os profissionais dos Centros de Saúde e os dos Hospitais? Ficariam estupefactos pela diferença!
Ora esta contínua propaganda aos Cuidados de Saúde primários não tem outro intuito que enfiar cada vez mais recursos lá e as Urgências ficarem cada vez com menos pessoas a atender, apesar da gravidade e complexidade estar a aumentar. Isto legitima também um desinvestimento nas Urgências e quando chega os picos, que são dia sim dia não, não há recursos! Ora isto sucede porque alguém meteu na cabeça que o português utiliza mal os serviços! O português é como os outros, utiliza o que lhe parece melhor, lhe dá mais confiança e que é mais racional. Não é o sistema que é bom e os Portugueses não o sabem usar. Alguém se lembraria de tal coisa com um telemóvel por exemplo?

Ah e tal, o sns é muito bom, os portugueses é que não o sabem usar. Isto é um argumento de burro! Os sistemas são feitos para as pessoas e adaptados à cultura delas, não é contrário!


Josand disse...

PS: Não ficou explícito.

O salário dos profissionais dos Centros de Saúde é em média muito superior ao dos Hospitais

Anónimo disse...

Ó Zazie, não tenho nada contra o teu modo de pensar, mas explica-me cá uma coisa?

Como está Portugal de dívida externa, com privatizações, aumento de impostos e blábláblá... Aumentou, manteve-se constante ou diminui-o? O crescimento económico consegue amofar o esqueleto no armário?

É que isso também eu sei fazer! E não preciso de me empoleirar em escadotes, junto de oliveiras, porque o meu assessor de imprensa assim o pediu...

E acabar com rendas da PPP's, aldrabices estatísticas e fundações sanguessugas?

CsA disse...

"Nesta treta da Saúde é que não tolero paleio liberaloide,."

A zazie vem aqui mandar bitaites e nem chegou a ver o video do post abaixo sobre o sistema de saúde de Singapura.

zazie disse...

Olha, ó inteligente:

Se tu contraíres uma dívida de tal ordem que depois vais ter de mudar muita coisa na forma de vida para a poderes pagar com juros, como é?

Achas que vais manter o mesmo estilo de vida enquanto a pagas?

zazie disse...

A v. lógica só mostra como agora com licenciatura se sabe menos que dantes com a 4ª classe.

Acham o máximo gastos acima das possibilidades, acham o máximo que para terem esse estilo de vida tenham de hipotecar até o que têm para viverem de empréstimos (sentido figurado de um país) e depois ainda queriam que ficassem mais ricos quando tivessem de pagar as dívidas.

Um fenómeno nunca visto.

Há casos em que para se pagar tem de se hipotecar e fazer enormes sacrifícios.

Na lógica destes inteligentes, não. Quando chega o momento de pagar ainda querem gastar mais e depois lutam contra a austeridade imposta pelos credores.

E os imbecis, como pensam o país pela barriga, estão logo dispostos a votar no primeiro farsante que diga que vão acabar os sacrifícios porque há dívidas que até são lucros.

O resto que se lixe porque normalmente nem criaram família e a preocupação não vai mais longe que o animal doméstico.

Harry Lime disse...

zazie,

Comparar o Passos à Thatcher é esquisito. E a Thatcher "congregou pessoas certas" desde o principio, não esperou 4 anos para começar a reformar.

Rui Silva

zazie disse...

Eu conheço funcionárias públicas que dizem isto.

Dizem que ganham mal porque comparam o ordenado com um colega de um país rico.

Comparam sempre assim- em pé de igualdade porque nem sabem de onde vem o dinheiro.

Depois defendem SNS para animais domésticos e mil e uma mordomias como ADSE financiada pelo Estado e para todas as especialidades.

O que é uma coisa muito gira porque em chegando à saúde, está quieto, já não confiam nos colegas funcionários públicos.

Quanto a dívidas de países dizem sempre a mesma parvoeira- dinheiro não falta, é apenas um problema de distribuição.

Ou seja, saquem aos outros.

São as mesmas pessoas que também me costumam telefonar em vésperas de eleições a dizerem que querem um governo que crie empregos.

zazie disse...

Olha aqui, agora deixaste de saber ler?

Quem é que comparou o Passos à Thatcher, ó palerma?

O que eu disse foi aos aluados do reviralho- àqueles que passam a vida a dizer que é tudo a mesma coisa e que só muda por revolução com homem providencial, que há exemplos históricos em como pelo voto mudou tudo.

A Thatcher não foi para o poder por reviralho.

E isto para dizer que me encanita a irresponsabilidade dos aluados que vivem a sonhar com o D. Sebastião.

Eu não defendo ditaduras. Não vejo sequer alternativa cá que não seja por esta treta do alterne.

Mas vejo que o PS devia acabar e aparecer dos escombros novo partido.

Como em Itália. É bom que as coisas podres sejam enterradas.

Para isto não é preciso revolução alguma nem homens providenciais em ditadura.

zazie disse...

Ah, só por coisas, sou sempre ingénua e falo verdade quando me perguntam.

Em relação ao voto disse verdade.

Mas sei que geralmente quem pergunta, é quem mente.

E mentem porque têm vergonha.

Porque não entendo que quem não vote e seja contra eleições passe a vida a fazer campanha contra apenas um.

E esse contra quem fazem campanha é exclusivamente aquele que apanhou com a merda dos outros e fica na situação desagradável de época da vacas magras e cortes.

Como lhes toca na carteira ou até em mais que isso. É contra esse que estão. Mas depois dizem que é uma questão teórica muito mais profunda.

Tão profunda que é clandestina.

zazie disse...

Mas sim. O problema cá é geral de todos os partidos porque esta casta de abrilistas e jotas vive do mesmo.

Nunca teremos Thatcher por esse motivo.

É ir às jotas e alterar leis partidárias e de financiamento, alterar leis para ir de cana tudo mais rápido e tirar o máximo possível todo o encosto estatal.

Ou seja, tudo ao contrário do que defendem os xuxas cainesianos que só sonham em passar o ouro para o bandido.

zazie disse...

Para o outro palerma do vídeo de Singapura:

ò saloio, eu Singapura é mais Tom Waits.

zazie disse...

Mas querem Thatcher com esta Constituição.

e mailos pascácios do Constitucional

ehehehe

V.s são Old Spice. Escardalhada Old Spice

Harry Lime disse...

Mas alguem disse que há dividas que até são lucros?

Mas tu drogas-te ou que, zazie?

Rui Silva

Anónimo disse...

"Não vejo sequer alternativa cá que não seja por esta treta do alterne."

Tu és um génio, vou emoldorar, esse pensamento escravo. Mas se tu és um génio, também a restante populaça o é,pelos menos é o que têm feito nos últimos anos. E onde nos levaram?

Fiz-te uma questão bastante concisa, como estamos ao fim de todas essas reformas milagrosas, de dívida pública? Não arredes o cu e comeces a disparar noutras direcções...

O que vale a treta destas reformas, só contra o zé povinho, se amanhã ouvires o poc poc poc das bolhas? voltas a estar pior do que à quatro anos e desta vez vais nacionalizar o quê? O corpinho?

Como o outro diz, se há muita austeridade, é porque é um negócio lucrativo... E não é que é mesmo, é ver a discrepância a aumentar entre pobres e ricos...

E não te preocupes comigo, não sou de esquerda, centro, direita e utopias tais... Não me importo nada de perder uma década de vida se a geração futura poder vir a ter futuro, o que certamente não é o caminho seguido...

zazie disse...

Dizem, pois.

Dizem que devíamos estar mais ricos a pagar dívida.

E fazem as contas ao valor nominal sem contarem com o que já foi pago.

Eu acho que ninguém leu o Memorando e não têm sequer uma noção aproximada do estado em que ficou Portugal depois destes 40 anos de festa.

Não têm.
Porque não há memória histórica. Vive tudo a memorizar o ano anterior. Mais nada.

Os jornais também não contam e os planos das pessoas passaram também a ser a curto prazo.

zazie disse...

Vai para o caralho.

Eu não falo com gente sem nome.

Até os animais domésticos dão pelo nome.

Se és menos que isso arranja dono que te ature.

zazie disse...

Estes caralhos que falam na discrepância entre pobres e ricos são os mesmos que a alimentam.

E a puta da discrepância é isto:

http://www.cocanha.com/un-petit-peu-de-reiser/

zazie disse...

Os caralhos que sabem a solução que publiquem livros.

Mais nada.

Até o Tsipras teve de lhes dizer o mesmo: quem tem alternativa que avance.

Não têm.

Só sabem empatar para ganhar votos para sacarem mais e alimentarem os esfomeados dos boys que vivem a falar dos pobrezinhos da boca para fora.

zazie disse...

Há qualquer coisa de patológico nesta merda de todo o analfa mandar bitaites e se armar em político.

e é fenómeno nosso.

Não vejo isto em Inglaterra. Não anda por lá tudo aluado a querem descobrir a pólvora.

Por cá é assim- só poetas- são suspiros, só soluções mágicas clandestinas e só e eternamente gente que é contra.

Contra tudo. Contra tudo para destruir porque fazer não fazem nem sabem, nem escrevem nem ensinam, nem demonstram em campo algum.

Nem no campo específico em que trabalham.

Toda a gente que eu conheço que tem a mania que é revolucionária é perfeitamente totó e seguidista no trabalho.

Não criticam nada, não se atrevem a fazer nada de diferente e depois rosnam.

Até na puta do acordo ortográfico. Todos os que andaram para aí com dizeres que eram contra foram os primeiros a adoptá-lo.

Eu nunca andei e recuso-me a escrever à acordo, no meu local de trabalho.

Ponto final

Como me recuso a seguir as tendências imbecis teóricas que todos seguem. Sou contra e faço diferente à minha escala.

Agora suspiros políticos e armar-me em oráculo é que não é comigo. Acho até imbecil esperar-se que qualquer pessoa normal consiga fazer o trabalho que precisa de conhecimentos, estudo e prática especializado

zazie disse...

E é por isso que também nunca embandeirei com essa treta da democracia directa.

É imbecilidade que até se vê no resultado do referendo grego.

Deixaram-nos votar porque nem sabiam o que se poderia fazer.

Votaram uma coisa e depois os que têm de saber e tratar as questões a sério, fizeram outra.

Porque é assim que tem de ser.

zazie disse...

E esta merda por cá nem merece que se gaste mais de um minuto a decdir.

Existem estes que fizeram o que conseguiram fazer apesar das greves e boicotes gerais dos que agora querem ser alternativa.

Os que agora querem ser alternativa são os mesmíssimos, com as mesmíssimas políticas estatistas e ciganas que já levaram a 2 bancarrotas e que levaram agora à beira desta em escala ainda maior.

Portanto, quem não quer estes quer merda a triplicar e é essa merda que lhes cheira bem.

zazie disse...

São tão mesmíssimos que até escolhem os mesmos fósseis mais fósseis que ainda guardam.

É que nem se chega à frente qualquer coisinha diferente ou que não tenha passado de merda e punho erguido para merda.

Anónimo disse...

Ó génio spammer! Volto a repetir:

"como estamos ao fim de todas essas reformas milagrosas, de dívida pública? Não arredes o cu e comeces a disparar noutras direcções..."

Nem tenho nada contra a austeridade, se:

- Se for levada de igual modo a todos os sectores, ppp's, luvinhas, fundações, regalias politicas, etc...

- Se não for feita exclusivamente à conta de carga tributária, que destrói o consumo interno...

Estamos conservados, ó zaziada...

Claro que preciso de nick, já que não discutes argumentos, discutes tretas ad hominem...

Anónimo disse...

Nunca vi um demagogo a fazer as reformas que deveriam ser feitas, muito menos por ordem prioritária... Primeiro privatiza-se, quem chegar por último que reforme...

Não percebo porque ficas toda eriçada com rosas, já não viste, que quem manda nos Pig's não são os politiqueiros nacionais?

zazie disse...

Ad besta. Ad besta porque tens os de punho erguido para fazerem melhor.

Se, se, se, já sabemos os ses. Falta quem faça.

E quem pode fazer não serão nunca os que criaram os ses e vivem dos ses e ainda querem mais ses.

Harry Lime disse...

Eu não consigo deixar de admirar a zazie (apesar de muitas vezes não estar de acordo com ela). é uma gaja que chama os bois pelos nomes e os manda para o caralho quando a situação o pede.

E o anonimo tem razão. Se a malta quer privatizar então que o faça bem: primeiro reforma-se as empresas, depois vende-sea bom preço. A Maggie Thatacher, conhecida camarada xuxa, é que sabia fazer bem as cenas para fazer guito.

Rui Silva

PS. sou provavelmente o unico xuxa no Mundo que gosta da Camarada Maggie. Penso que é uma cena sexual, deveria ir ao psiquiatra ver isto.

zazie disse...

Sim, primeiro reforma-se as empresas e depois vende-se a bom preço.

Lógico.
Tiveram 40 anos para nem precisarem disso.

Bastava que tivessem continuado provadas e ainda mais desenvolvidas com capital português.

Como estavam, quando os ilustres de punho erguido em quem v.s votam, espatifaram tudo.

Agora, como não há tempo e a dívida está aí para ser paga, e como tudo, tem de se vender como se pode e a quem pode e no mais curto tempo possível porque os juros aumentam.

Ora, a v. lógica, a lógica dos que querem agora ser capitalistas quando ainda ontem era anti-capitalistas, é passar o poder para os de punho erguido que não querem nacionalizar porra nenhuma porque sem a mama estatal não há nada e os sindicalistas também iam para o desemprego.

A inteligente lógica é dizerem que estes não acabaram com a merda que os outros fizeram e por isso querem os outros de novo, a fazer a mesma merda.

é isto.

A cena das PPPS e de não terem ido de cana os das PPPs é a anedota que agora querem votar neles- nos autores que dizem que deviam ir de cana.

Anónimo disse...

"já não viste, que quem manda nos Pig's não são os politiqueiros nacionais?"... Sendo assim qual é o problema? Se não são os políticos nacionais a mandar, acha que votando noutro partido que não seja o PSD será diferente? Ele há gente coerente... ;-) Primeiro diz que o actual governo não fez reforma nenhuma e agora diz que quem manda cá não são os políticos nacionais... hehehehe... Confesse lá... o PS é que vai reformar isto e mais um par de botas, certo? Se calhar, os tais donos cá do burgo só deixam que se faça reformas neste país se o PS ganhar. É isso? Ou será com o BE? Diga lá?

Maria Rebelo

zazie disse...

Privadas.

a EDP do faísca era privada com capital e vários investidores portugueses

Não era estatal.
Quem a tornou estatal para tacho e apparatchiks foram os vossos- os de punho erguido que agora se queixam por ter ido para chineses quando entre ciganos deles estava melhor.

E força na Reforma Agrária que é o último it da intelligentsia tuga.

zazie disse...

São muito inteligentes ó Maria Rebelo.

E fingem que não votam no monhé por vergonha mas é nele que votam com a inteligência que demonstram.

Disseste tudo por mim.

É que já chateia esta cambada andar a morder apenas as canelas ao PSD quando tem como alternativa a bestialidade que tem e com essa é que vai ser uma maravilha.

E os tais nossos donos até tremem que nem ramos verdes.

zazie disse...

É com o PS e com o BE e até com o PCP.

Porque na Grécia era com os neo-marxistas é que era.

A inteligência destes críticos da dita "Direita" é esta- apostam sempre em asno pior.

zazie disse...

Mas são manhosos.

Não assumem que é estes de punho erguido que apoiam. Só se for no estrangeiro.

Cá fazem-se finos e nem votam.

São manhosos porque, ao não dizerem que é nos únicos opostos que existem que vão a voto e que querem, também se escapam de serem responsáveis pela merda que acusam estes de não ter resolvido.

Anónimo disse...

E depois ainda acreditam em teorias da conspiração... Ele há os donos disto tudo e mais um par de botas e depois há os de punho erguido que fazem tremer tudo, até os ramos mais verdes.. hehehehe...
É assim cara Zazie... isto deve ser uma questão genética... Isto merecia um estudo científico.. hehehehe

Maria Rebelo

zazie disse...

Pode crer.

Essa dos "nossos donos" dita por gente inteligente tem me feito pensar.

Merece um estudo porque isto é muito português. Esta tendência para a bruxaria em tudo

ehehehehe

É só mitos. Não conseguem ser pragmáticos em nada. Tudo é pretexto para porem os olhos em alvo e fazerem poesia.

(da má, da tosca).

Anónimo disse...

A Zazie e a Maria são deveras inteligentes, inteligências limitadas diga-se:

Uma acha que quem não vota no coelho é de esquerda, a outra acha que é rosa!

A Zazie tão culta que é, e que gosta tanto de atirar-se ao tugas comentadores de sofá, vê lá fora alguém a defender a sua cultura da mediocridade?

Vou votar neste, porque não há melhor...

Aceita-se resposta à pergunta... Daqui mais crio um prémio para a tal...

"como estamos ao fim de todas essas reformas milagrosas, de dívida pública?"

Amortizou-se?

Populistas demagogos há muitos, ou têm uma tara especifica por este?

zazie disse...

Eu acho que quem não vota no PSD por não ter mandado de cana os outros que fizeram as PPPS e vai vota nos responsáveis pelas PPPs, é besta.

Tão simples quanto isto.

Gente besta até pode ser maneta, não precisa de ter nada em duplicado para saber se a estupidez fica a bombordo ou a estibordo.

marina disse...

pois claro q recebem ordens :) uns acatam-nas de cabeça baixa , e esperam submissos pels seguintes ordens para elaborar um esquema de programa para as proximas eleiçoes ( os nim do passos e o enrolar da a entender isso : ainda nao recebeu as linhas programaticas ) , tipo passos ; outros fingem q nao acatam e bla bla e no fim acatam com cara de contrariados ; a seguir , nos pagamos.

zazie disse...

Vejo la´fora fazer-se contas da mesma maneira.

Tenho família em Inglaterra e fazem as mesmas contas aos resultados dos votos.

Só que lá já não andam de punho erguido com a treta de serem anti-capitalistas para venderem capitalismozinho apenas para os apaniguados.

V.s que são anti-capitalistas, quando emigram não sei a que título também apenas escolhem países liberalódies.

Deviam ser consequentes e emigrar para onde ainda existem bons sistemas de punho erguido.

zazie disse...

É o inho. Por cá gosta-se muito do inho.
Tudo o que é pequenino tem graça- incluindo o de vão-de-escada que depois explora mais que o que não é inho.

Mas o programa de punho erguido, apenas tolera os muito inhos que não sejam eles próprios.

zazie disse...

Mas esta malta não vai voltar-me a chatear porque basta ir aos históricos e pespegar-lhes com as imbecilidades que ainda há 2 semanas defendiam para a Grécia.

No Varoufakis até votavam. Assim tivéssemos por cá um Varoufakis que perdiam logo o medo de serem manobrados pelos nossos donos e de que o voto não serve para nada e votavam no homem.

Era um bom programa neo-marxista para lutar contra a austeridade.

A frase soa bem. Não é nunca para construírem nada porque isso soa a Ordem e eles são contra todas as Ordens.

É para lutar contra. Para manif de rua, para fugir à bófia e depois chegarem a ministros.

zazie disse...

Portanto, ó Marina- tu votavas no Varoufakis porque ele é giro e porque não acatava ordens.

É isso?

Queres governos que não governem e que façam manguitos e vivam de empréstimos sem os pagarem.

Ok.
Estou esclarecida.

O PSD não te engana. O Varoufakis não sei se te enganou porque não voltaste a ter desabafos com o homem.

zazie disse...

V.s só votam no estrangeiro.

é isso.

Os neotontos querem cartilha pura e como cá não há, votam apenas nas eleições americanas.

Os de punho erguido, andam agora a votar na Grécia e também consta que não se importavam de votar em mijonas do Podemos.

zazie disse...

Ou votam cá mas assim, fingindo que nem votam para não se comprometerem com os aleijões que ajudam a ir para o poleiro é mais fácil e dá sempre para atacar os outros sem ser atacado?

zazie disse...

Eu dantes ainda tinha escrúpulos e usava boa fé na net.

Deixei-me disso com o referendo do aborto.

Fui insultada e atacada online, em chicanas onde toda a gente quis ir molhar o bico apenas por ter dito que era capaz de me abster.

o que eu fui dizer- abster era um insulto às mulheres e uma católica que até dá catequese chamou-me tudo de cobarde para cima.

Tanto chatearam que no próprio dia levantei-me e fui votar NÂO.

Afinal quem me andou a chamar cobarde por não dizer logo que ia defender o SIM no aborto, eram católicos praticantes que sabiam que com isso até estavam em situação de pecado.

Coisa em que eu nem acredito, mas acreditam eles e vá de esconjurarem os problemas de consciência deles próprios para cima da indecisão deles.

A partir daí nunca mais.
Como não tenho feito para ser cínica, não jogo com as mesmas armas deles mas tiro-lhes o tapete.

Quando alguém passa a vida nas caixas de comentários em campanha política contra qualquer coisa, está visto que é sonsice porque mais valia que defendesse aquilo que está a apoiar.

zazie disse...

Para cima da minha indecisão.

Os hipócritas dos católicos praticantes e vigárias da porcalhota votaram sim, defenderam o aborto com unhas e dentes e ainda atacavam quem se abstivesse.

Esta gente é falsa e são sempre de esquerda.

Anónimo disse...

Mas pode acabar-se com a cegueira por decreto?

Bons votos, com alguma sorte o do costume até tem hipótese... Depois rezem que a as bolhas não façam ploc, ploc... Se tudo correr bem, daqui a alguns anos voltamos a conversar...

Bjs às primas...

Anónimo disse...

Há, e "como estamos ao fim de todas essas reformas milagrosas, de dívida pública?"

Ó anónimo da treta, toma lá um grande e redondo, FOGE...

Anónimo disse...

O que os olhos não lêem, o coração não sente...

Anónimo disse...

E o que me ri, como ela defende a mediocridade, hahahaha...

zazie disse...

E o que me ri como ele defende ainda pior e acredita que os vigaristas em sendo eleitos é que se vão entregar à polícia.

~Cambada de cães sem nome que mete nojo.

Têm o país que merecem.

Completamente.

Anónimo disse...

Mas diga lá então, ó anónimo, em que partido vai votar afinal? Isto para evitar as ditas bolhas ploc, ploc... É no PS? E como é que vão evitar que as bolhas façam ploc, ploc? É a pedir autorização aos donos disto tudo? As bolhas só arrebentam a pedido?
Bem que a Zazie já pediu para que ao menos escrevessem um livro ou coisa parecida, mas não, isto tudo malta muito à frente... deve ser sintonia de energias, sei lá... que esta malta apanha as coisas

Maria Rebelo

zazie disse...

A mediocridade é toda vossa.

Os abrilistas são v.s não sou eu. Eu sou uber-fascista, como me chamam.

Eu sou a reaccionária que diz que foi esta merda que destruiu Portugal no PREC.

Portanto, lambuzem-se que para mediocriddae só conseguem arranjar mediocridade e meia e ciganagem no saque.


E viva a reforma agrária! e o syriza à portuguesa.

Anónimo disse...

Ó Maria, você até a defecar pensa no PS... Eu alguma vez defendi o PS?

Vá-se tratar que isso é patológico...

Ó Zazie, primeiro dizes que vais votar, depois dizes que não és abrilista, e pior, dizes que os outros o são sem nunca o terem dito. Em que ficamos...

Então, tu entras à canelada porque tens um trauma com a malta do aborto?

Eu sei qual é vosso problema, como não conseguem, ficar caladas e engolir em seco, têm que dizer alguma cois, mesmo que seja asneira... São contra os do contra...

Alguém que defenda alguns valores libertários, é libertóide...

Alguém que defenda uma distribuição mais justa da riqueza é esquerdóide...

Vão se tratar e comecem a ler o que as pessoas escrevem e não o que as vossas matérias encefálicas deduzem...

Olhem, podem me chamar de manteiga de amendoim...

zazie disse...

Já agora, os peritos da casa que digam como estamos de saldo primário e de PIB.

Sou toda ouvidos. Porque o mais que oiço à escardalhada, acerca da dívida, é coisa à "As minhas leituras" que postam no facebook.

Tenho curiosidade em perceber o que sabem acerca do papagueiam.

Ricciardi disse...

Bem, se a Zazie que nunca votou, vai votar agora no PSD, digo, no PPC/PP, então lá terei eu de compensar o voto dela e votar contra. Num qualquer. À escolha. Olhos fechados, dedo ao calhas. Pode até calhar votar em branco. Ninguém eleito é sempre melhor do que alguém que já sabemos ser mau. Muito mau. É q nem há esperança. Há certeza absoluta. Portanto, rodar a rapaziada é bom remédio.
.
E depois, como um gajo só fica saber dos martelanços nas contas depois de saírem, o melhor é apressar saida para ver se não acumulam demasiados vícios.
.
Depois de termos batido recordes de falências, de emigração sustentada (Salazar estás perdoado) que ultrapassa 400 mil pessoas, de destruição recreativa de emprego eficaz... depois de lixar as contas da SS, de ter sonegado rendimento às famílias e empresas... Depois disto e muito mais, a economia está a desajustar a todo vapor. Défice crescente nas contas externas. Importações a subir mais do q as exportações. Dívida pública cresceu 35 mil milhões de euros.
.
O défice real foi, assim, de quase 9% (35000/4anos). Sim este é o real (aquele q foi preciso financiar) e não o apresentado.
.
Os fundos de pensões da banca foram incorporados na SS com um prejuízo enorme a médio prazo. Os bancos safaram-se de boa..
.
Rb

Ricciardi disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ricciardi disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
zazie disse...

Vota no Tavares que ele gosta.

zazie disse...

Ou repete o voto no PS em quem sempre tens votado.

zazie disse...

Desta vez deu-me mesmo para chatear todos.

É verdade que não tenho vício da urna. Votei contra o 44 mas nem foi PSD. Foi CDS nem sei porquê. Porque calhou.

Desta vez vou votar PSD e deu-me para o dizer porque já percebi que a escardalhada que não é militante com quotas pagas, anda envergonhada e a usar a táctica de fingir que é abstencionista.

zazie disse...

O que eu queria saber era se houve superávit.

Porque dizer que a dívida aumentou não sei quantos é para mongos. Interessa é a equação entre o valor de aumento do PIB e valor de saldo primário, juntando-lhe os juros da dívida.

zazie disse...

Pergunto ao João Miranda ou ao Carlos Loureiro que não engrominam e mostram percentagens certas.

A maltosa só debita tretas à fedorento

zazie disse...

Manteiga de amendoim dá. vai barrando e depois telefona ao preto.

Anónimo disse...

Fedorenta és tu, que nem sabes as contas geradas por quem vais votar...

Pergunta à prima, que ela também deve saber das contas...

Ide, ide...

Ricciardi disse...

Votar contra PPC é um imperativo nacional. Explico a razão. É a única forma dos donos da UE mudarem e com eles a política económica.
.
O moço é um bocado burro, no entanto foi obrigado a fazer o que foi escrito no memorando. Se lá estivesse outro qualquer faria um bocadinho melhor. Mas só um bocadinho. Esse bocadinho teria sido importante porque foi o bocadinho de maldade que fez desabar os negócios e o emprego. Aquele bocadinho onde PPC sonhou q podia transformar a economia com uma varinha mágica. Até diziam q era preciso converter trolhas em agentes comerciais poliglotas de exportação. Os trolhas tentaram. O mundo maravilhoso das transformações por indução de sonhos.
.
O crédito mal parado disparou a par das fslencias e ainda sobe. Pasme-se. Aquele pessoal q pediu emprestado para montar o seu negócio, de repente, ficou sem clientela. Um desperdicio de recursos. Foi uma espécie de retornados ao contrário. Em vez de virem, foram-se 400 mil. Quase tantos como o número de funcionários públicos.
.
Recursos queimados, prejuízos a quem emprestou. Bancos em dificuldade fecham mais a torneira. Mais incumprimento.
.
Este pessoal é burro. Ainda não percebeu a relação das coisas. O país não cresce nem decresce muito em termos de PIB, salvo se 200 empresas estiverem bem.
.
O PSI 20 e mais algumas representam 80% do o PiB.
.
Isto quer dizer que 90% das pessoas e empresas representam 20% do PIB.
O PiB pode decrescer pouco e isso arruinar 90% das pessoas e empresas.
.
E foi isso o q aconteceu. O mesmo é dizer q o país vive com poucas empresas com impacto no PIB. Uma edp vale dezenas de milhares de pequenas empresas q dão emprego a muita gente.
.
Rb

Ricciardi disse...

Zazie, esquece o saldo primário para efeitos e óptica da comissão. Eles é déficit estrutural, déficit PEC, défice disto e daquilo. Cada um inventa o q retirar para diferentes análises.
.
O q interessa é o déficit real. Aquilo q sai menos o q entra e q precisa de ser financiado.
.
Se a dívida aumentou 35000 milhões em quatro anos, logo o déficit médio real é de 9%.
.
Foi 9% do PIB q o país precisou de financiar.
.
Rb

zazie disse...

E para o amendoim na manteiga:

Não, não tenho trauma nenhum com referendos a aborto mas aprendi que aqui no mundo virtual ou se é pulha e cínico ou se trata logo a pontapé quem o é.

Um católico militante que anda a patrulhar consciências alheias para ter a certeza que vão defender o aborto que ele defende e insulta quem nem é militante nem muito católico por não fazer o mesmo, deve ser logo tratado a pontapé.

E com as mesmíssimas armas que o incomodam- os problemas de consciência pelo que está a defender.

Não gosto disto mas já percebi que com gente falsa só assim.

Toda a vida tenho tido amargos de boca por excesso de escrúpulos e boa-fé extrema. e por dizer sempre a verdade.

Como nisso não posso mudar, agora pego os bois pelos cornos logo à primeira.

zazie disse...

Não esqueço.

Queria apenas confirmar que não sabes.

zazie disse...

V.s não sabem nada, nem o que deviam saber com as licenciaturas que tiraram, sabe-se lá a quem.


":OP

Ricciardi disse...

Como déficites primarios ao pequeno almoço.
.
O saldo medio primário real é negativissimo. Só mesmo retirando das contas muitas rubricas importantes (como os apoios à banca, por exemplo) é q se transforma num saldo estrutural primário positivo.
.
Rb

zazie disse...

Está aqui a resposta:

amanhem-se com ele

http://blasfemias.net/2015/07/24/assim-nao-vao-la-3/#comment-1909113

Ricciardi disse...

Não esqueces porque és tribalista. E os tribalistas modificam a realidade a ver se está serve ao clã.
.
É como roer o proprio pé a ver se cabe no sapato.
.
Se mudares de sapato é mais simples.
.
Rb

Anónimo disse...

Zaguiada, estavas bem na questão do aborto, mas postes-te ao vento sem necessidade... Porque raio, o zé povinho tem que ter opinião sobre tudo? Mesmo sabendo nada? Abster-se é coisa de gente séria, que não têm o rei na barriga e percebe que de alguns assuntos, pouco sabe...

Agora passas-te do 8 ao 80... É como o Ricciardi diz, entre um mau, e um que que se pense que o seja... Que se deixe, que prove, o segundo que o é...

Para os sistemas vale o mesmo, há uma data deles que ainda se falta testar...

E só para a prima, se calha até vou votar no PS... Nunca gostei de preliminares... Se é para ir à bancarrota que seja por mérito próprio e não porque os mercados flutuaram... Sou muito picuinhas nestas cousas...

Troços de amendoim na manteiga

Ricciardi disse...

És tão elevadamente tribalista q andas sempre com a cassete a dizer q eu votei no Sócrates. E isso é redondamente falso. Nem preciso de pensar. Nunca votei noutro partido q não fosse o PSD.
.
Rb

zazie disse...

Postes-te?

zazie disse...

Mas o zé povinho é que tem a mania que tem de saber tudo e opinião e certezas para tudo.

Eu tinha-me abstido no outro referendo e neste não tinha grande certeza de nada.

Confessei isso a uns católicos militantes defensores do aborto.

São perigosos os tipos que acham que vão arder no Inferno e tratam logo de infernizar a vida de alguém para compensar.

zazie disse...

O Lutz até ia deitando o blogue abaixo por causa disso.

Uma tourada.

Os cabrões todos a caírem-me em cima, ao ponto de devassarem vida pessoal e emprego por se sentirem em pecado mortal e a culpa ser minha por nem tr opinião.

Nem percebi o motivo durante muito tempo.

Foi só recentemente que uns se descaíram com a cena dos pecados mortais e das heresias e de como a Igreja até proíbe que um católico que viola esses parâmetro possa dar catequese!

E davam. E são falsos católicos e os cabrões atiraram para cima de mim a hipocrisia deles.

Um ainda anda por aí- é o imbecil do jornalista Miguel Marujo.

zazie disse...

Eu disse que votaste no 44 para te chatear

":OP

eehhehe

Quem votou foi o amigo Rui Silva- o neo-marxista que joga na bolsa e gostava de ser vigarista como o 44 quando for grande.

zazie disse...

Ah, e sim. Para te chatear e como achas que dizer que eu sou uma coisa que é falso- tribalista- agora até vou mesmo ser descaradamente tribalista e defender o voto no cõno do Coelho

AHAHAHAHAH

Não vale a pena contrariar malucos. É mais inteligente usar as mesmas armas.

se gostam de má-fé e dizem que eu sou não sei o que e tenho tribo não sei quantas e só vs- é que são apolíticos e apenas andam a combater estes mas é para não ir ninguém para o poleiro, então troco-vos as voltas.

Porque, mesmo sem cometer indiscrições acerca de vida pessoal, dá para perceber que quem não é militante também não é por idealismo que vota.

Votam com a barriguita.

E a v. barriguita pede mais monhé e mais fossa com muita prosperidade natalícia e uns bónus extra a quem ajudar.

zazie disse...

Por aí estou a salvo de qualquer suspeita por todas as razões e mais algumas.

Já só me falta mudar de nacionalidade para a merda que fizeram ao país ser toda vossa

Anónimo disse...

Eu até sou contra o aborto, mas tal como problema é de quem o pratica, não tenho que subsidiar quem o faz...

A única legislação de jeito que se aprovou nos últimos tempos...

A culpa é tua, porque não fizeste a contra-revolução na abrilada? Eu ainda não era projectado...

Podes mudar de país de merda, mas continuas a ser a merda do pais...

Hahaha, não resisti...

Amendoim com migas

Ricciardi disse...

Bem, não queria votar em ninguém. Não gosto de ninguém. Mas este ano vou ter de levar a minha menina q fez 18 anos e quer votar. Aproveito e voto contra.
.
O moço em que tu votaste, a coisa do pp, foi corrupto; não preciso de condenações dos tribunais para afirmar isso; conhecimento próprio de quem ajudou a coisa a lavar a massa no brasil.
.
Em suma, tu vais votar num corrupto, e achas mal que outros votem em partidos que tem ou tiveram corruptos.
.
Consegues explicar a lógica?
.
E se não acreditas no q te digo, podes pelo menos recorrer ao sendo comum, como diz o José, e explicar porque é q o partido da coisa recebeu centenas de milhares de euros q foi depositando em dinheiro pelo montante que não dá nas vistas.
.
Rb
Rb

Antonio Cristovao disse...

Posso recomendar : momentoseconomicos.wordpress.com , onde tenho aprendido muita coisa, sobre saúde.

zazie disse...

http://blasfemias.net/2015/07/24/assim-nao-vao-la-3/#comment-1909131

Agora vão lá refutar.

todos em fila, para serem bonitos.

Anónimo disse...

Aquilo tá cheio de ses, parafraseando o autor:

..."se as demais variáveis se manterem na mesma"...

Sabes o que te digo? Bubles everywhere...

Amendoim com trufas

Anónimo disse...

E sabes que mais?

Se é para sangrar o porco, que se garantam as morcelas!

A mim do ia me...´

A mem do im...

Anónimo disse...

Ricciardi, explica-me como se fosse muito bronco: o que é a dívida pública bruta?

Contempla os juros?

Ámen do im

Anónimo disse...

". A médio e longo prazo, a Zona Euro torna-se numa espécie de “Nova Suiça” do século XXI."

Zazie, o que é que ele fuma, papel enrolado marca BCE?

Anónimo disse...

Caso prático, encontre a demagogia no seguinte texto:

"Mesmo não havendo um excedente orçamental elevado, antes de juros é-o o suficiente para ter tudo equilibrado, mas como a economia cresce, o peso da dívida baixou para 74,4% do PIB. Portugal pretende fazer o mesmo"

miodnema, percebes?

Ricciardi disse...

"Ricciardi, explica-me como se fosse muito bronco: o que é a dívida pública bruta?

Contempla os juros?"
.
Dívida é dívida. Não comtempla nada, mas é o resultado da acumulacao de deficites. Juros é despesa, Dívida é passivo.
.
A questão prática é simples. O crescimento potencial do país é muito fraco. Isto sem contar com mais crises. O mais provável é haver muitas crises. Com crescimento fraco e com um saldo primário sustentado em impostos muito elevados, o futuro não pode ser bom.
.
Rb

Ricciardi disse...

A despesa mantem-se sempre igual. Ligeiramente reduzida. Os impostos tem vindo a compor o défice.
.
Não é bom nem mau. Foi necessário por causa das exigências estapafurdias do programa.
.
Para não dependermos de crises futuras, o país tem de crescer muito mais do q aquilo q é esperado. E rapidamente. Nao aguentamos outra crise. E tenho receio da china. Crescer em turismo, exportações e redução de importações por substituição nacional.
.
Eu não vejo como crescer a 5% ou 6% se nos mantivermos no Euro.
.
Rb

Ricciardi disse...

Por questões de segurança eu gostava mais q as contas externas melhorassem por substituição de importações e turismo. Mas para isso é necessário dotar as empresas com meios de capital. Uma bolsa para pme's, por ex, ou incentivar as Capital de Risco. Ou mesmo o tal banco de fomento q não ata nem desata. Mas também seria preciso abrir o mercado energético para alternativas menos dependentes do exterior. Nuclear, por exemplo. Gás via Magrebe. E acelerar o único bom negócio q PPC fez q foi exigir ligacoes eléctricas da iBéria à europa.
.
Rb
.

zazie disse...

Ai que agora é que os kamaradas se vão descabelar.

Foram à banqueiro do povo

":o)))))))))

O que eu esperei para aqui chegar
eheheh

E nem mudava de nacionalidade se desta vez se juntasse tudo e se fizesse justiça a sério.

E viva a preventiva e quem a apoiar!

zazie disse...

A década prodigiosa. A teia luso-carioca-da-selva.

zazie disse...

Salgou-se. Salgou-se a malga da máfia.

zazie disse...

Isto sim. Isto são os meus pequenos prazeres justiceiros.

C'mon make my day

":OP

E é por isso que trato a pontapé quem defende ladrões de alta-roda e ainda se gaba de ter votado neles e de ser fã de ladrões numa democracia.

Nunca Portugal teve merdas destas no Estado Novo.

Mas estes são banqueiros e políticos socialistas, pelos pobrezinhos, merecem todo o apoio e que se entregue nas mãos um país para roubarem o mais que puderem.

jorge gaspar disse...

Alguém arranje o número do Tsipras ao ricciardi. É que o Tsipras disse que quem tivesse alternativas que avançasse com elas, e o ricciardi passa a vida neste blog cheio de alternativas. Com tantas gajas boas na Grécia á tua espera, não percebo essa tua falta de ambição.
Avança amigo, quando o Tsipras ouvir o que tens para lhe dizer, rasga logo o acordo.

Existem várias tipos de burros. Há os que perceberam em 2011, ainda com o Sócrates que o caminho iria ser duro e iria ser este que se tomou e que não existia fuga possível a desemprego alto, redução do pib, cortes na despesa, privatizações e aumentos de impostos, há os que só perceberam isso em 2012 (grupo no qual me insiro), os que perceberam em 2013, em 2014, e agora em 2015 já depois deste momento surreal chamado momento Syrisa. Mas existe ainda um grupo de burros, no qual se insere o António Costa, o Ricciardi, o Rui Silva e mais um ou outro imbecil que depois disto tudo ainda não conseguiram perceber, ainda acreditam num outro caminho, que neste momento já não envolve bater o pé a ninguém, ou meter as pernas dos banqueiros Alemães a tremer. Envolve por ventura umas acrobacias circenses e uns golpes de karate, mas tal como o Tsipras, desconfio que essa alternativa estará nos confins do mundo porque nem ele nem eu alguma vez ouvimos falar dela.

Mas isto tudo para dizer que somos todos burros. A diferença entre nós é como a diferença entre cães.
Para se saber a inteligência de um cão, vê-se quantas repetições são precisas para aprender um truque. Para se saber qual a diferença entre humanos vê se de quanta informação ele necessita para chegar á resolução do problema.
Tal com naquele anúncio do chimpazé a fazer a reciclagem que deu há alguns anos atrás, também vou colocar a mesma questão ao ricciardi.
O Tsipras precisou de 40 e tal anos de vida, não sei quantos anos académicos e 6 meses de aprendizagem intensiva lidando com a realidade dos números para compreender a realidade da situação do seu país. E tu ricciardi, de quantos mais anos precisas?

zazie disse...

Nem reencarnando. Há coisas que devem estar nos genes.

Euro2cent disse...

[Ainda não foram embora ?]

> Essa dos "nossos donos" dita por gente inteligente tem me feito pensar.
> Merece um estudo porque isto é muito português. Esta tendência para a bruxaria em tudo

Eu, por mim, roubei essa ao Gore Vidal, que falava de "our owners". (Esse também tinha uma boa pancada, diga-se em abono da verdade, mas era interessante, numa linha de desalinhados americanos tipo Twain e Mencken.)

E não tenho ansias políticas, estou aqui por mero entretenimento - uma inocente diversão intelectual. Não me sinto minimamente compelido a salvar o que quer que seja de seja o que for.

Desaparafusando o camarada Marx, não se trata de mudar o mundo, mas apenas de entendê-lo.

zazie disse...

Mas v. é um caso à parte. Também não tem veia para oráculo nem se excita com tiriricas.

Agora imagine que o levavam a sério e começavam a seguir, tomando-o por um guru.

está a ver a cena à Simão do Deserto da Vida de Bryan.

É nesses em que eu estava a pensar.

":OP

zazie disse...

https://www.youtube.com/watch?v=N-isGzfYUZ4

Anónimo disse...

Sabem qual é a virtude de um burro? Vêm a burrice nos outros, mas nem alcançam a sua... Burros a julgarem burros, é lá com cada um...

Eu que nem sou advogado do Ricciardi, percebo bem que o que ele disse, não é que devemos deitar a dívida às favas. Com a saída do euro, certamente estava a referir-se ao voltarmos a uma moeda desvalorizada e competitiva, para amortizar parte da dívida...

E ó Zazie, tu lá com o laranjal, segundo o teu guro só daqui a 4 anos, se vai ver o paraíso por terras lusas... O espaço temporal é propositado?

O fiftycent é que a sabe toda!

Anónimo disse...

Sabem como é que se chama a um preto que pilota aviões?

Euro2cent disse...


Estamos em Portugal, somos uma cambada de anarquistas.

("Ó Micas, já viste aquele guru?"
"Oh filha, tem as calças lustrosas e o cão não lhe obedece."
;-)

Ricciardi disse...

"E tu ricciardi, de quantos mais anos precisas?"
.
O meu caso é diferente do seu e da maior parte dos cães.
.
Atingi a Iluminação mais cedo do que o próprio Buda e, embora não tenha nascido a rir, levo a vida com sorriso na cara.
.
Um gajo percebe exactamente para onde estamos a ir. Alerta a manada dos perigos. Mostra até o inicio do precipício a juzante. Aconselha a mudar de caminho.
.
É claro, oh Gaspar, v.exa. no meio do estouro não vê nada. Só pode mesmo comentar com a vaca q corre ao seu lado a alegria que sente em ser guiado, não ter q pensar é tranquilizante. É bom estar na ignorância. Eu compreendo.
.
Mas a realidade não muda. O precipício não saiu do lugar.
.
Rb

Ricciardi disse...

O que vc e restante manada partidário -dependentes ainda não percebeu é que as cabeças independentes dos partidos de todo o mundo na area da economia estão fartos de alertar para os erros efectuados. Vc não os entende, mas devia-lhes dar mais crédito.
.
Rb

zazie disse...

Por acaso somos anarcas

Mas, quem viveu o PREC sabe que não é assim. É disso que gosto de falar com o José.

Porque há coisas que só se entendem tendo-as vivido.
Populaça com tendência para ser aluada e invejosa por natureza é complicado.

zazie disse...

E a comunada não muda nem altera agenda.

Altera é os modos para fazer o mesmo.

Parece que ninguém deu pelo que se esteve prestes a viver de novo em plena Europa.

Uma revolução à conta da dívida e preparada pelo partido do poder.

Foi por pouco. Começavam logo pelo que está a dar- prender o banqueiro, nacionalizar a banca e o resto era novo PREC como tivémos nós há 40 anos.


Mas ninguém fala disto. O José apercebeu-se bem e falou antes de saber que tinham mesmo essa na manga.

zazie disse...

E por cá temos o Salgado que é um banqueiro de esquerda e que teve uma década para ser mentor do maior saque de que há memória na nossa história.

Com ajuda de um Primeiro Ministro de esquerda e cobertura do mesmíssimo partido socialista que agora querem de novo no poder para combater melhor os malandros dos banqueiros estrangeiros que nos sugam.

zazie disse...

E é por não verem isto que v.s por muito inteligentes e engraçados que sejam, também são complexados de esquerda e ficam absolutamente imbecis face à realidade.

Não há nisto qualquer perspicácia ou inteligência, ou capacidade crítica ou sequer isenção ideológica.

Há estupidez e cegueira que só pode ter por explicação complexos de esquerda.

Porque alimentar lixo e roubo socialista caseiro para depois dizerem que o perigo é o saque que podem fazer os estrangeiros, é de gente apalermada.

zazie disse...

Que nem preto. Que nem preto é tão estúpido a defender soba ladrão.

zazie disse...

Se calhar também há qualquer outra coizinha mais íntima mas nem vou por aí.

Porque há coisas que se podem entender a populaça analfa, facilmente manipulável por toque de pandeiro.

Mas não se devia entender a gente inteligente que nem tem partido, que nem vive de saque e que é portuguesa e honesta.

Não entendo, não desculpo, não me agrada.

Têm a porcaria toda escancarada à frente do nariz e levantam-no e tentam apanhar cheiro a merda diferente no vento

zazie disse...

A porcaria à frente das ventas é que não vêem. Pisam-na e nem dão por nada.

Porque lhes dá para o quixotismo de cavaleiros da triste figura e só conseguem olhar em alvo para muito longe.

Ricciardi disse...

Eheheheh

Ricciardi disse...

Só um reparozinho. Salgado é de esquerda?
.
Salgado foi um banqueiro. Bom por sinal. Negócio é negócio. Não se olha à cor do governo.
.
E até foi Salgado q tirou o tapete ao Sócrates quando lhe disse q não era possível esperar mais tempo para pedir ajuda externa.
.
O pessoal tem complexos com os banqueiros. Principalmente com os nacionais. Quem viveu o prec tem isso bastante acentuado. Preferem um accionista chinês. Até batem palmas por terem sonegado os negócios ao Salgado. Nacionalizaram os bancos, na verdade. Mas é uma nacionalização boa porque não é comunista.
.
Agora vendem o banco nacionalizado aos chineses q já tinham botado a mão na fidelidade.
.
Agora irao lidar directamente com o giverno chines, o novo dono disto tudo.
.
E o pessoal gosta. Basicamente por causa da punição ao banqueiro.
.
O único e último bom banqueiro q construiu um imperio depois de ter sido roubado no 25 de abril.
.
Pode ter cometido ilegalidades, mas há certos negócios e procedimentos q não devem ser julgados por quem não faz ideia de como se processam os negócios da alta finança.
.
O moço teve dois azares. O Besa de angola e um PM garoto sem experiência.
.
Rb

Ricciardi disse...

O garoto sem experiência resolveu dar cabo da economia em dois anos. Expulsou mais de 400 mil pessoas à conta da parolice. Afundou a economia a um ponto q o crédito mal parado disparou para valores nunca vistos. Com isto afundou os bancos por arrastamento. Lixou os bancos q tiveram de pedir emprestado ao estado. Menos o BES. O BES não precisou de pedir. Fez um aumento de capital. Qdo ficou claro q o BESA tinha um buraco enorme Salgado pediu ajuda pela 1a vez. Passos recusou. O GES tinha boas empresas e lucrativas. Tudo vendido a patacos a estrangeiros. O mais provável é haver dinheiros metidos para conseguir estas decisões governamentais. Não vejo q a Merkel ou outro qualquer governante sério fizesse coisa semelhante a um banco de charneira dos seus países.
.
Rb

zazie disse...

Não sabes o que é ironia.

Eu repeti as palavras dele.

Euro2cent disse...

> Lixou os bancos

Estavam lixados desde o dia em puseram anúncios a dizer ao gado que pedisse empréstimos para comprar "TVs plasma" e ir de férias para as Caraíbas.

Era uma questão de tempo.

(E a história do mercado de habitação em Portugal, incluindo o episódio da corrida do Pedro "nova lei do arrendamento" Santana Lopes, ainda está à espera de um macaco qualquer se dignar olhar para os factos e escrever uma dissertação ou duas.)