28 julho 2015

preso político ou político preso - vai ser difícil decidir

Supremo pede levantamento da imunidade parlamentar

81 comentários:

Anónimo disse...

http://www.theguardian.com/business/2015/jul/28/greek-crisis-brussels-rejects-yanis-varoufakist-claims-troika

Harry Lime disse...

Pois pode, e depois?

Isso é noticia?

Rui Silva

zazie disse...

ehehe a história a repetir-se. Primeiro o Lamon com o Papadreou e agora com o Syriza:

http://www.independent.co.uk/news/business/analysis-and-features/fear-and-loathing-as-the-hedge-funds-take-on-the-euro-1915776.html


O intermediário é sempre o mesmo.

Que raio vai um ministro fazer a um encontro com especuladores de hedge fund para eles até irem prevenidos e gravarem a conversa.

E que raio de lógica pode existir em contar-lhes o que era absoluto segredo para os gregos.

zazie disse...

E depois nega mas, ao mesmo tempo, diz que sabia que estava a ser gravado?!

Entra na cabeça de alguém, um ministro ter uma conversa desta com especuladores da finança, dizendo que sabe que está a ser gravado mas não há crise que depois nega, e contar-lhes um segredo destes?!

Para quê?

Anónimo disse...

Cara Zazie... Será por não bater bem da bola? É que já começo a suspeitar seriamente que o homem seja simplesmente maluco!

Maria rebelo

zazie disse...

Ñão sei e, mesmo maluco isto tinha uma intenção.

Veja o texto da conversa e repare que ele já tinha tido ligação com o mesmo Lamon na altura da vigarice das contas com a Goldman Sachs

http://blogs.ft.com/brusselsblog/2015/07/27/varoufakis-unplugged-the-london-call-transcript/


Há quem diga que ele era o intermediário com o Soros e isto era jogada do Soros.

A verdade é que ele não foi conselheiro do Papandreou para não saber de nada, e só podia ser ele o intermediário, dadas as relações já existentes.

Agora não se entende. Ou fez de propósito e está a queimar todos, ou era jogada inteira do próprio Tsipras.

zazie disse...

Repare- eles andaram 5 meses a tanguiar. A esticar a corda e levaram o calote que levaram à conta dessa irresponsabilidade.

Mas não foi para se ficarem pelo acordo.

Foi porque não conseguiram financiamento de outro modo.

Agora fazem acordo com a Troika mas o Varoufakis continua a reunir-se com hedge funds e não se entende que raio de garantia estava a dar que ia contra o acordo político.

Estava a dar uma garantia financeira!

E essa garantia financeira era clandestina. Mais do que o plano B, o que era clandestino era a negociata com hedge funds onde ele confirma que a ideia era sair do euro.

Não sei. O Soros rebentou com a libra e está sempre em todas as grandes jogadas.

Este parece-me estúpido mas ideologicamente um idiota útil para quem sabe.

zazie disse...

Ou seja- o Varoufakis nunca fez nenhuma jogada política com interesse para a Grécia.

Mas esteve metido em duas com grande interesse para os especuladores.

A Goldam Sachs jogou com a dívida grega para ajudar a martelá-la e jogou depois de novo, para a desmascarar.


O dinheiro não tem cor.

Dá ideia que o Varoufakis também não tem. Tem estado ao serviço de quem dá mais e o interesse nunca foi patriota.

zazie disse...

Este tipo é um Anonymous com doc.

Pronto, é isso- um marxista de universidade, riquinho q.b. que joga à política através da alta finança.

Ou vice versa- que joga na alta finança através da política.

Porque ele baldou-se em grande. Não assumiu uma única responsabilidade política e continua para aí todo emplumado como se nem fosse deputado.

É um marxista errático de faculdade. São assim e ser assim com poder e rico num país que está na bancarrota deve dar frisson e é bem capaz de render.

É um mercenário.

zazie disse...

Uma coisa é certa- um bancarrota dá dinheiro a quem sabe jogar.

É impossível que não estejam uma série de especuladores com a Grécia na mira porque, nestas coisas, se não se ganha perde-se e perder pode ser desaparecer até para ser comido por outros.

Portanto, os grandes especuladores andam por lá. Não são políticos porque, já se sabe que quem empresta é financeiro.

DEle andou metido no meio disto. Os tipos gravaram porque também devem ter-se protegido pois a jogada podia tocar para ambos os lados.

Foi conversa de 20 minutos mas será que o que saiu está completo?

E a que propósito os especuladores a passaram para o jornal?

Muito estranho, ele pode ser maluco mas está muito mais em jogo.

zazie disse...

Na volta o Syrisa inteiro é mercenário e está nas mãos de hedge funds

O Tspiras e os outros ministros sabiam, está tudo metido.

este não fez nada às escondidas dos que estão no poleiro.

Anónimo disse...

Há que dividir o espólio...

http://www.dn.pt/inicio/globo/interior.aspx?content_id=4690193

zazie disse...

Agora só falta o Nobel- o Krugman, vir de novo pedir desculpa por se ter enganado porque afinal sempre havia plano de golpada financeira mas essa não é a área dele

zazie disse...

eheheh

C'um caraças. Estão lá todos os abutres para o saque.

Os mercenários estão no poleiro e são anti-capitalistas para darem garantias que não há ali qualquer jogo de interesse monetário

":O)))))))

Foi preciso perto de um século para se confirmar como foi feita e financiada a Revolução Russa.

Ricciardi disse...

As histórias e teorias da conspiracao q se podem inventar são interminaveis. Tudo pode. Haja imaginação.
.
A questão prática é simples. Preparar uma possível saída do Euro.
.
Preparar envolve tb obter certos compromissos com os banqueiros mais especulativos em divisas. O q revela perspicácia do Varou.
.
Estava a fazer o q devia ser feito para assegurar a transição para o dracma. Reuniu-se para dar o recado e manterem posições. Curtos em EUR. Sair e deixar claro q a saída tinha consequências para a zona Euro. E teve mesmo.
.
O Euro desde janeiro desvalorizou mais de 30% estando quase na paridade com o usdolar.
.
O q acaba por ser bom para toda a zona Euro, como foi bom para a Inglaterra com a especulação do soros. As exportações dispararam.
.
Portanto, Varou devia ser condecorado. A Grécia não saiu do Euro. Mas vai sair se a nova austeridade for mesmo para a frente e esgotarem os novos empréstimos.
.
O q me parece é q estes pacotes não são para implementar de verdade. É apenas uma forma de manter a zona Euro livre de problemas por algum tempo e até arranjar uma forma dum membro poder sair ordenadamente.
.
Os 5 sábios economistas alemães, conselheiros da Merkel, disseram ontem q se teria de avançar urgentemente para a possibilidade dum membro sair.
.
Finalmente começam a ter tininho na cabeça.
.
Heil Wolfgang.
.
Rb

Anónimo disse...

Ena pá... Se é assim como diz, cara Zazie, então não há maior exemplo da mistura explosiva de neotontismo com capitalismo selvagem mais cainisismo (ou lá como se diz) e o resto da tropa fandanga marxista/leninista toda... Mas que grande circo é aquele ou melhor - que idiotas mais úteis. É isto a esquerda moderna? Vai lá vai... Estamos feitos para não dizer outra coisa..

Maria Rebelo

zazie disse...

Exacto, Maria Rebelo.

Juntam-se os "proletários"/Syrizas, Podemos, Anonymous, Anarkas, Marxistas de todos os feitios todo o mundo aos onzeneiros de todo o mundo e temos a utopia internacionalista a meias.

zazie disse...

Esta esquerda não é muito diferente do que era a intelligentzia russa na altura da revolução.

É mais diferente da que existia nos anos 60 porque essa ainda não tinha encontrado modo de voltar a dominar por dentro.

Agora têm as faculdades todas na mão- de todos os países, em particular dos anglo-saxónicos e vão conseguindo poder entre os PIGs

Se isto pegasse lá, a ideia era contaminar cá, mais a Espanha e ao que for possível.

e viu como havia já tanta gente a achar o máximo.

As senhoras gostam de actores de cinema e pronto; as senhor@s de ambos os sexos também adoram projectar alter-ego em riquinhos de esquerda.

zazie disse...

De todo o modo, esta escardalhada tem sempre o fim do Trotsky.

Se não se refugiam nas universidades e nos países de onde vieram, os comunas da velha guarda tratam a seguir deles.

Harry Lime disse...

Bem, a minha opinião é que o Varoufalis deu uma palestra a hedge fund managers pela razão mais velha do mundo: foi muito bem pago para isso.

E não vejo grande stress nisso.

Rui Silva

Harry Lime disse...

(e pronto agora tenho de me preparar para levar coma furia da zazie :-) :-) )

Rui Silva

zazie disse...

https://en.wikipedia.org/wiki/Mishka_Yaponchik

zazie disse...

Aquilo foi gravação de uma palestra pública, é isso?

E a palestra pública foi gravada para passar na faculdade e por isso preciso de um intermediário dos conservadores, já amigo dele, com os que têm dinheiro investido na dívida?

E numa palestra desses, um tipo que é ministro, conta um segredo de Estado para ser aprendido nas universidades, já que a gravação era de palestra?


E os que gravaram a palestra passam depois a palestra pública que estava escondida para os jornais e ele nega-a até passarem também as gravações?

Ena pá, o que se aprende agora em MBS cainesianos

zazie disse...

Mas ainda antes de ontem era mentira tudo isto e até tinha sido inventado em Portugal por uma tal de zazie.

ehehehehe

V.s andam é apanhar gambozinos que isso nem com MBA dá para mais.

Harry Lime disse...

zazie,

em relação às unoiversidades na mão, não concordo que os esquerdalhos as tenham na mão.

Nalgumas areas, nas humanidades, isso pode acontecer (e acredito que aconteça!).

Nas ciencias exactas, muitos academicos até podem ser esquerdalhos (a maior parte dos que eu conheço são) mas a verdade é que isso não faz qualquer diferença: o facto de tu seres marxista-leninista da linha albanesa não faz com que, de repente, a maçã passe a cair para o ceu em vez de cair para o chão.

Agora nas areas da economia e gestão, acredito que aconteça o contrário: o establishment academico é largamante liberal de direita. Aliás, um dos dramas das ultimas decadas foi que as ideias academicas ultra liberais foram adoptadas sem grande critério pelos polticos e pelo sistema financeira (com os resultados conhecidos).

Há bolsas de resistencia (os famosos economistas de agua salgada!), mas o establishemnt é largamente de direita.

Rui Silva

zazie disse...

Não é.

O neoliberalismo também nada tem de direita. O v. problema com as etiquetas é que às vezes partilham a mesma sem perceberem.

Anónimo disse...

Pois cá está, caro Rui Silva, deve ser por isso que o "Varafakas" percebe imenso de economia... daquela assim mais para o selvagem... hehehe.. é mais um ultra-neo-liberal... enfim...

Maria Rebelo

Ricciardi disse...

"Mas ainda antes de ontem era mentira tudo isto e até tinha sido inventado em Portugal por uma tal de zazie."
.
Essa tal zazie inventou, isso sim, que o Varoufakis esteve por trás do martelanço das contas q a Goldman proporcionou.
.
A outra Zazie tenta alterar a realidade a ver se não se nota e mete o assunto da gravação no meio.
.
Rb

Ricciardi disse...

Anyway, a outra invenção de q a esquerda domina as univerdades inglesas é de arrebimba o malho.
.
Deve ser ideia de uma terceira zazie, a cabalista.
.
Rb

zazie disse...

Maria

O mais engraçado é que isto serve para ainda vermos a escardalhada a defender banqueiros.

Por cá vai ser o mesmo com o DDT a 44%

Aquela gente de bem da Goldman Sachs é tão bem, tão bem, tão bem que até podia ser crime de anti-semitismo fantástico dizer-se o que toda a gente sabe e é público e não há quem não saiba, que fizeram com as contas gregas para entrarem.

zazie disse...

Desta vez vão ter de engolir dois sapos ao mesmo tempo.

AHAHHAHAHA

É no que dá a escardalhada perfumar-se à riquinho em vez de andar a cheirar a estrume com a foice e o martelo.

Ricciardi disse...

A goldman fez um serviço bom ao cliente. O cliente pediu, a goldman fez.
.
Melhor é impossível.
.
O problema não está nos engenheiros da obra, está naquilo q os proprietários pediram.
Mas, como sempre, a esquerdalhada mascarada de direita, confunde tudo.
Rb

Harry Lime disse...

Tudo o que a Zazie não gosta é de esquerda. É como os comunas: todos os deveitos da URSS eram desvios à pureza dos ideais.

A zazie é o mesmo com o liberalismo. 😄😄

Rui Silva

Ricciardi disse...

E, não é anti-semitismo algum criticar a goldman. Antissemitismo é criticar pela simples razão dos donos serem judeus.
.
Se centraram a crítica aos métodos da empresa estão no caminho certo, se centrarem a crítica aos judeus estão no caminho errado. O caminho hitlerariano q culpava os judeus de práticas q os alemães também faziam.
.
Está diferença nunca é perceptível pelos verdadeiros antissemitas. É culpa dos pencudos para cima e para baixo como se não houvesse amanhã, imaginando movimentos conspirativos para alicerçar o ódio racista.
.
Rb

Ricciardi disse...

O DDT será julgado. E só depois é q se verá a culpa.
.
Para já gostei do facto do Salgado não ter sido preso em Évora. A justiça melhorou substancialmente. Apesar de q o argumento para mante-lo em casa por perigo de fuga é fantasioso já q o homem está livre há um ano e não fugiu. Só mesmo por outras razões é q se colocou o homem em casa. Eu creio q tem a ver com a própria protecção do arguido que vai falar de gente importante. Demasiado importante para não correr risco de vida.
.
Nesta perspectiva dou benefício de dúvida ao juiz Carlos.
.
A esquerdalhada mascarada de direita é q não gostou nada. Eles gostam mesmo é q os ricos sejam presos, de preferência banqueiros. Não é zazie?
.
Rb

Anónimo disse...

Eu sempre disse que o Varafukis era um agente dos anglo-saxónicos. Estava na cara. Só os lorpas é que não quiseram ver, ou então são relativistas, desculpando tudo desde que seja feito contra a "austeridade", esquecendo que a acção dos agentes financeiros que jogam contra a dívida dos países periféricos é tão ou mais destructiva do que a austeridade imposta pelos credores. Aliás, as duas alimentam-se uma à outra, porque isso é que não há bons nesta história.

A países como Portugal resta ter os olhos bem abertos e não se pôr a jeito de ser usado num jogo muito mais vasto, que os portugueses não dominam, nem sequer conhecem por inteiro. É por isso que nos últimos meses aprendemos tanto sobre os actores políticos portugueses, o que deveria ter reflexo nas eleições.

Aprendemos que o PS não é de todo de confiança, por muito que utilize essa expressão nos seus cartazes. Se se compreende que o PS defenda veementemente a permanência da Grécia no euro, já que em caso do "Grexit" Portugal seria o alvo seguinte da finança especulativa e politica (sim, porque há política internacional por detrás da especulação financeira, assim como há aproveitamento político da mesma), tentando atirar-nos para fora do euro como à Grécia, não se compreende nada a associação ao Syriza por parte da direcção do PS.

Reconheço que não foi todo o PS, pois figuras como Francisco Assis, por exemplo, não foram em modas e mantiveram a prudência e a cabeça fria. Já António Costa tem sido um cata-vento, dizendo tudo e o seu contrário, conforme o governo português estava mais apertado e o Syriza era mais "fashion", demonstrando uma falta de discernimento gravíssima. Costa não é uma pessoa em quem se possa confiar para confiar para chefiar o Governo português, pois por oportunismo ou ignorância teria colocado Portugal no olho do "furacão", na mão de gente com interesses obscuros, que se está a borrifar para o bem-estar dos portugueses.

Mas os outros sabiam muito bem o que estavam a fazer, tentando contaminar a política portuguesa, por um lado ameaçando com o contágio dos mercados, e por outro aliciando os portugueses de que eles é que iriam lutar pelos nossos interesses. A esta perfídia o PS não só não reagiu, como "surfou na onda". O PS ficou "apresentado"...

O nosso país passou e passa por perigos significativos, e por isso os portugueses não podem voltar confiar em quem ainda não recuperou a credibilidade.

Harry Lime disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Harry Lime disse...

Aliás, há histórias giras.

- sabiam que o inventor dos contratos de futuros (um dos malevolos instrumentos financeiros com que os pencudos controlam o mundo) foi o Tales de Mileto (fonte: http://epochproducts.com/blog/the-first-monopoly-in-the-world-was-about-olive-oil/ )

- Este artigo também diz que alguns folisofos da antiguidade (como o Platão) eram traders (ie, especuladores). Aparentemente, eram judeus... pior do que isso eram gregos: conhecidos caloteiros, antepassados do malevolo pencudo Varoufakis!

- outro exemplo engraçado é que por exemplo, N'A Guerra das Galias, Julio Cesar admite abertamente que emprestava dinheiro a juros (acho que um dos atractivos da guerra era o saque... que depois de convertido em sistercios podia ser emprestado... com juros, naturalmente). Por outras palavras: usura logo judiaria e pencudisse! Estou a ver que a Corsega estava cheia de pencudos por volta de 50 AC.

- outro dos atractivos do saque é que permitia o suborno a politicos e amigos influentes. Julio Cesar tambem o admite abertamente. Felizmente sempre existiu uma pequena aldeia gaulesa que resistiu ainda e sempre ao invasor. O asterix e o Obelix não eram pencudos mas tambem eram boas pessoas. :-)

Rui Silva

PS. a parte gira do Tales de Mileto é que ele fez a magia financeira dele (perfeitamente razoavel aliás!) só para provar à malta dele que os filosofos também podiam fazer guito.

Harry Lime disse...

Maria Rebelo,

O Varoufakis pertence a um desses nichos de resistencia não liberal.

Nem sequer digo anti-capitalista (hoje em dia não há disso e ainda bem). ele limita-se a acreditar que os mercados não resolvem todos os problemas do Mundo, o que aparentemente o transforma num perigoso trotskista.

Rui Silva

zazie disse...

Ele é internacionalista. Os trotskistas sempre foram assim.

Depois das purgas fugiram (ou retornaram à América) e deram mais tarde em neocons.

zazie disse...

Tudo o que interessa aos internacionalistas onzeneiros é espatifar o status quo.

Chamem-se marxistas erráticos, syrizaicos ou onzeneiros.

Onzeneiro vem de onzena e as medidas que impõe já no tempo dos gregos eram draconianas.

Não se inventou nada. Apenas se dilatou o que sempre existiu.

zazie disse...

"Nicho de resistência não-liberal" soa-me a fascismo.

AHAHAHAHAHAHAHAHHAHA

zazie disse...

Está aqui em caricatura e com legenda a mesma história e os mesmíssimos protagonistas em Inlgaterra.

http://cocanha.blogspot.pt/2010/06/as-bolhas-da-macacada-2.html

O bode é que comanda a roda

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/1/17/William_Hogarth_-_The_South_Sea_Scheme.png

Harry Lime disse...

zazie,

Se leres o resto do meu comentário vais perceber a ironia. :-) :-)

Em relação às bolhas da macadada, estás equivocada... estás-te a atirar aos gajos errados. Não é ao Varoufakis que tens de responsabilizar mas sim aos neo-liberais e aos governos "de direita" (mesmo quando eram de esquerda) que adoptaram as suas ideias.

Mas mais uma vez, na opinião da zazie o neo-liberalismo não é uma coisa de direita porque para a zazie tudo o que ela não gosta só pode ser de esquerda, não é?

Rui Silva

PS. e sim, isto parece escrito por um gajo do PCP, são os tempos que correm em que um pequeno burgues como eu, consultor e especulador na bolsa passa por membro do mais empdernido partido comunista ocidental.

zazie disse...

Não sei o que é direita porque tu falas ET

Olha, quanto a pencudos da Goldman, parece que o v. adorado Yanis é canibal


https://twitter.com/yanisvaroufakis/status/169332309932257280

zazie disse...

Os governos de direita mesmo quando eram de esquerda, soa-me a cainesianismo, ou ciganice feita a partir de dentro do dito Estado Social.

Passo porque não tenho MBA nessa sinalética maniqueísta.

Sei é identificar as coisas sem precisar apenas da etiqueta A contra a etiqueta B

Ou do Mal e do Bem.

zazie disse...

Eu não tenho opinião.

Eu estudei o que o neotontismo.

Tu não estudaste, não sabes.

Estudei até por meras questões artísticas do lobby da arte modernista americana e da revista Partisan

Aseguir veio o resto, quem quiser saber, sabe, quem não sabe não é com processos de intenção ou a colar apenas as duas etiquetas que dispõe, que entende.

zazie disse...

Mas nem estou em diálogo porque não tenho poder de abrir cabeça a quem a tem formatada.

zazie disse...

E nem merece a pena mais palavras porque ainda ontem negavas a existência disto tudo e dizias que ele tinha negado.

Agora já admites e não fui eu quem inventou.

Mas pronto, entende-se que a queda de um ídolo é coisa que demora a engolir.

E eu já conheci idólatras ao vivo, daqueles de culto da personalidade que entravam em êxtase só de imaginarem que tinham estado a uns metros do guru.

Tocou-me! tocou-me!

Depois, quando se sabia as pulhices do guru, eram capazes de atirar a matar para quem as denunciasse e entravam numa de negação.

Era gente aparentemente normal antes de ficarem assim e hoje andam por aí e com altos cargos, incluindo no Banco de Portugal.

A diferença é que v.s acham que o mundo começou agora e eu já vivi estas coisas sem ser pela internet.

zazie disse...

A esquerda só e esquerda enquanto sonha com o poder e não chegou perto.

Em chegando, é pior que os que nunca quiseram mudar o mundo.

Ricciardi disse...

"Eu sempre disse que o Varafukis era um agente dos anglo-saxónicos. Estava na cara." anónimo
.
Eu quem?
.
Varou é um contra agente duplo. Foi contratado pelos ingleses para se fazer passar por ministro grego, tendo aceitado contrato com banqueiros americanos com o objectivo de destruir o Euro. Os Alemaes perceberam o enredo e pagaram para ele fingir q não queria sair do Euro. E ele fingiu, mas os ingleses não gostaram e cancelaram o contrato. Como a Grécia não saiu do Euro os americanos tb cancelaram contrato com Varou.
.
Vendo-se sem contratos e sem is salarios dr contra agente duplo Varou pensou: ora bolas, vou demitir-me.
.
Rb

Anónimo disse...

"Em chegando, é pior que os que nunca quiseram mudar o mundo. "... É precisamente por querem mudar tudo e todos que se tornam os mais perigosos... Realmente a expressão - a história repete-se - tem muito que se lhe diga.... Parece que a espécie humana anda sempre de experimentalismo em experimentalismo....A experiência acabar por ser sempre a mesma (a eterna tentativa de dominar tudo e todos) só vai mudando a forma e o conteúdo e mesmo assim...

Maria Rebelo

zazie disse...

Via Simão nas caixinhas do Blasfémias

http://www.ibtimes.co.uk/greeces-new-finance-minister-yanis-varoufakis-valves-former-steam-market-economist-1485336

Anónimo disse...

Ricciardi, és um ganda cínico, mas eu não te dou conversa. Quero xuxas como tu bem LONGE!

Harry Lime disse...

zazie,

Diz-nos coisas que ninguém sabe.

Mas já agora poderias investigar um pouco mais acerca da empresa (a Valve), da forma como opera e do que o Varoufakis lá fazia.

E já agora quando eu descobri que o Varoufakis trabalhava para a Valve, há uns 5 ou 6 meses atrás, achei o gajo ainda mais porreiro! Lembro-me de ter pensado: "porra, é muito porreiro ter um ministro das finanças que trabalhou na Valve do que uma ministra que foi professora na Lusofona"

(tendo até em conta que o Varoufakis também foi professor em várias universidades mas nenhuma com o prestigio da Lusofona, claro..)

Rui Silva

Ricciardi disse...

Ganda?
.
Anónimo, afinal, és o Jorge Jesus.
.
Rb

Anónimo disse...

Olá malta...

Zazie, pelo pouco que seio acho que era especialista em teoria de jogos...

Mas espreme lá o que sabes dele enquanto funcionário da Valve.

Amendoim

Anónimo disse...

"Anónimo, afinal, és o Jorge Jesus."

É claro. Estou muita à frente.

Ricciardi disse...

:)

zazie disse...

Estive a ler aquilo e até foram logo 3 gregos a palrar no mesmo dia.

Ele é um cagão. Mais do que qualquer outra coisa o que se nota na conversa é que gosta de se armar aos cucos e contou aquilo para chamar as atenções.

E acentuou bem o impensável de tendo ele sido ministro nem poder aceder a nada porque quem fazia tudo era a Troika.

Marada da cornadura. Era giro a malta andar a conversar com a Troika para pagar IVA e coisas assim.

Ricciardi disse...

Varoufakis abanou o espírito de manada reinante.
.
Muito bom.
.
Krugman que, como eu, ficou desconsolado por não haver um plano b, já rectificou a crítica. E bem. Afinal Varoufakis tinha um plano e o plano era bom. Só foi pena ter-se incompatibilizado com o Wolfgang. Ambos pensam da mesma forma. É pena, teriam feito o q é preciso fazer. Uma desvalorização externa contundente. Com moeda própria.
.
Já não existem economistas relevantes que não defendam a saida da zona Euro.
.
Só os políticos e os tribalistas partidários resistem a isso.
.
Mas a realidade encarregar-se-à de forçar aquilo q agora negam.
.
Os 5 sábios economistas da Alemanha já o dizem publicamente. Só falta os socialistas alemães aceitarem.
.
Pelos vistos os xuxas europeus querem o Euro a qualquer preço. Em Portugal tb mas são acompanhados pelos xuxas mascarados de direita. Incluindo os Fuinhas.
.
Rb
.

zazie disse...

Consta que o Krugman só pensa depois de receber sinais de fumo do fuínha somítico da cubata

AHAHAHAHAHAH

Muita bom para o negócio- sempre que se escaqueira um status quo, há fuínha onzeneiro que dá pulinhos de alegria.

Quanto pior, melhor.

zazie disse...

Estavam desconsoladinhos, tadinhos dos nobeis.

ehehehehe

Há psicopatas com piada.

zazie disse...

Faltou-lhes o url.

Só souberam hoje. tadinhos que nem os convidaram para meeting

":O)))))))))))))

zazie disse...

Mas os nobeis da cubata são muito democráticos.

É em nome do povo.
Portanto, pergunta-se ao povo se quer sair do euro.

A populaça responde que não.

Portanto, se a população diz que não, os sábios timoneiros, tratam de ir preparando o contrário à sucapa.

Depois empatam porque a coisa não vai nem para um lado nem para outro.

Grande buracão depois do empate, sem money, lembram-se de novo do povo e de perguntarem ao povo se acham bem assim, ou assim como era uns dias antes do dia em que vão responder.

A população responde que para pior já basta assim e os sábios democratas, acham que isso significa o oposto e decidem por pior do que já bastava assim.

São estes génios que eriçam os pintelhos da escardalhada- é que ser besta a este ponto, até eles e até o Krugman pensa como eles


":O)))))))))))

zazie disse...

Napoleões de hospício

":O))))))))

Ricciardi disse...

http://economico.sapo.pt/noticias/sabios-alemaes-estados-da-zona-euro-devem-poder-falir_224991.html
.
Aí estão os perigosos socialistas. O ridículo e a ignorância, de facto, matam.
.
Os fuinhas de esquerda mascarada de direita estão em estado de negação e chegam ao ponto de desconsiderar quem percebe do assunto. Vão para onde a tribo indica. Essa é a Verdade. Tudo pela tribo, nada contra a tribo. A tribo unida jamais será vencida.
.
O referendo na Grécia teria cabimento e eficácia se da resposta popular pudesse prosseguir com uma alternativa em concordancia. Os efeitos do sim e do não resultariam sempre no mesmo se a pergunta não suscitar uma escolha.
.
Ao povo não foi perguntado se queriam sair do Euro. Perguntaram se aceitavam mais austeridade. Responderão q não.
.
O povo é soberano, como deve ser, e deve ser consultado. A decisão de não querer mais austeridade significa duas coisas:
1- que se negociasse melhores condições para reembolso da dívida.
2- que se os credores não aceitassem renegociação se partiria para o abandono da zona Euro.
.
Na verdade, os credores JÁ aceitam reestruturar. Um dia depois das eleições já se fala abertamente daquilo q era proibido: reestruturar.
.
Para não perderem a face só o fazem depois da Grécia aprovar algumas medidas. Medidas essas q não irão ser aplicafas. Qualquer nabo percebe q só se pode pagar se o nível da dívida estiver num montante sustentável.
.
Os fuinhas, porém, estão um nível abaixo da nabice. Ainda não perceberam. Acho mesmo q nunca perceberão. A limitação tribal ofusca-lhes a inteligência.
.
Rb

zazie disse...

Só para esclarecer quem quiser.

É uma anedota um marrano fantástico andar a chamar fuínha aos outros, quando o nome se lhe aplica.

Os fuínhas eram os somíticos (adulteração de semíticos) que sempre foram avarentos e usurários.

A ligação da usura e da falsidade aos judeus, assim como o bode da seita, é de tal modo antiga e estava de tal modo generalizada que até na língua alemã a etimologia o atesta- o invejoso é o bode/ cabrão invejoso-Neidhammel-

No cadeiral da Igreja de S. Nicolau, Kalkar, Alemanha (1505/08) está representado como falso converso, agarrado ao terço. E tem óculos mas nem com 4 olhos consegue entender o que lê.

http://cocanha.blogspot.pt/2006/03/entre-um-snob-e-um-cago-vai-o-passo-de.html

O fuínha é assim:
http://i19.photobucket.com/albums/b159/panotea/invejosocomculos.jpg

zazie disse...

E o fuinha, sim. O fuinha é que até pode ser de esquerda desde que nunca se lhe toque no onzeneiro.

O fuinha é o avarento do Molière.

Harry Lime disse...

zazie,

Mas não entendo: na Roma e na Grecia Antigas já existia emprestimo de dinheiro a juros... eram todos judeus? O Julio Cesar era judeu? O Tales de Mileto era judeu? O Platão era judeu? Todos eles duma forma ou doutra "jogaram" esse jogo financeiro que tu consideras tipicamente pencudo.

Há algo de estranho na tua sanha anti-pecudo, especialmente porque as praticas de que tu acusas os pencudos, já eram praticados por outros muito antes dos pencudos entrarem em cena.

Rui Silva

Harry Lime disse...

Mas atenção! Não ponho em causa as tradições que se criaram à volta da sovinice e do "somitismo" (os meus pais, beirões de boa cepa, usam a expressão a toda a hora e são tudo menos nazis! :-) ) dos judeus nem tenho complexos politicamente correctos.

Mas a verdade é que se observarmos a historia, muito do que é atribuido aos judeus não foi criado nem popularizado por eles. E mesmo hoje em dia, a especulação e a "usura" são praticadas maioritariamente por gentios.

Eu por exemplo, especulo na bolsa e não sou judeu (se por acaso fosse também não ficava ofendido pelas invectivas da zazie :-) :-))

Rui Silva

Anónimo disse...

Já existiam pencudos no tempo dos romanos: Jesus Cristo, por exemplo, foi um deles, mas não era lá muito dado a empréstimos...

Essas práticas realmente são muitos antigas, tão antigas como a prática do comércio e/ou as trocas de bens... curiosamente os judeus descendem (e não só estes - ver o caso das línguas semíticas)dos povos que habitaram e ainda habitam aquela região especial de onde surgiram as ditas primeiras grandes civilizações humanas... Há sempre um certa continuidade na história quer entre práticas quer entre povos... Se bem que por vezes querem dar a entender que certas coisas apareceram assim por e obra e graça do espirito santo...

Maria Rebelo

Ricciardi disse...

Um bom texto o teu do Cocanha.
.
Andei hoje a remexer na biblioteca da minha avó e, eis q me apareces tu à frente.
.
Até aqui a moça me persegue, pensei. Era um livro "Zazie no metro" de 74.
.
Rb
.
PS. Não leves demasiado a sério. Gosto de provocar e suscitar a irritacao dos fuinhas humanos. O outro comentador fuinha, já nem sei onde foi, até queria q eu fosse ao Estoril para ele tirar satisfações. O anónimo dezte bblogur pouco lhe falta, mas ainda precisa de uma ou duas trancadinhas para se desabotoar.
.

zazie disse...

Tens dificuldade em raciocinar e eu não te vou explicar uma coisa lógica.

Nem todos os onzeneiros foram judeus mas, a partir de dada altura são dominantemente judeus.

Claro que quem tem palas e preconceitos não consegue entender isto e debita cenas de ódio ou palermices ao lado.

De todo o modo, se souberes explicar melhor a etimologia do termo em alemão sou toda ouvidos.

Porque foi por mero acaso que consegui essa explicação dada por um tradutor.

A legenda estava num livro do início do século XX e andei muitos anos para a entender.

zazie disse...

Já existiam pencudos e até entre os romanos também eram eles os onzeneiros.

Esta malta só decorou as cenas da Inquisição e coisas assim e depois fazem figurinhas toscas.

Os judeus foram os primeiros onzeneiros de todos os tempos e os primeiros traficantes de escravos.

Já agora- também foram os grandes navegadores. As nossas explorações devem-lhes muito e o Infante D. Henrique sabia-o.

zazie disse...

Eu não te levo a sério. Só achei que tu nem sabias o que significa a palavra fuinha.

ehehehe

É que é tiro no pé.

zazie disse...

Quando se aplica a palavra onzeneiro também não se está com "sanha" nenhuma contra judeus.

Está-se a caracterizar o mesmo que já caracterizava o Gil Vicente:

trazes o chibo, cabrão?

é isto- onzeneiro passou a ser o somítico- tal como fazer judiarias passou a aplicar-se genericamente a muito mais gente que apenas a judeus.

zazie disse...

No caso da Alemanha é que é muito mais interessante porque está no étimo.

E isso será muito mais antigo.

Na península passou-se a chamar marranos aos falsos conversos, por marrarem e por não comerem porco. Mas é coisa muito posterior ao termo alemão.

zazie disse...

O bode está representado na roda do carrossel da bolha da finança.

Já o Hogarth sabia que quem comanda a roda é o bode/onzeneiro.

Depois incluiu mais judeus com tudo o resto e até com católicos a jogarem às sortes.

Mas o bode é o bode dos beija-cus das seitas dos cagotos e o bode do judeu.

zazie disse...

E o bode do diabo, já agora.

Estas coisas são muito antigas e só os palermas com a ditadura do politicamente correcto é que não sabem e impedem que se saiba ou fazem tudo para que se esqueça para poderem apagar memórias.

zazie disse...

Está aqui a resposta para a tal hipocrisia dos preconceitos que são mais que isso.


E depois, quem os não tem é que é mau e fuinha e de esquerda que persegue banqueiros.

Não são eles que os tapam por serem fuinhas e sabendo que uma mão cobre a outra e o 44 também vai às cavalitas do "preconceito".

http://2.bp.blogspot.com/-SBCZlekSvZM/VboPKO-2mCI/AAAAAAAAaQc/pqQ5mUhcGxQ/s1600/S%25C3%25A1bado%2B30%2B7%2B2015001.jpg