30 junho 2015

impedir o PS de ganhar as próximas eleições

“tenho a legítima suspeita que a verdadeira intenção da minha detenção abusiva e da minha prisão sem fundamento não foi perseguir crime nenhum mas tão só impedir o PS de ganhar as próximas eleições legislativas.”
Expresso

Comentário: A credibilidade desta afirmação, vinda de quem vem, é zero. Mas dito isto, não nos devemos esquecer que em política, o que parece é. O MP deve, portanto, formular a respetiva acusação com o máximo de urgência. Sob pena de dar verosimilhança a disparates.

3 comentários:

zazie disse...

V. é estúpido?

O MP tem de formular acusação quando puder. E isso é igual para toda a gente.

A besta está queimada politicamente e isso é diferente de toda a gente e nem depende de acusação alguma do MP!

Percebeu?

Ora repita lá a frase que foi buscar: "em política o que parece, é".

Harry Lime disse...

44 Gangsta rulz!

Rui Silva

Antonio Cristovao disse...

O MP não deve e nem anda guiado pelas agendas das fotocopias e parentes.
Como diz o presidente do PS os eleitores é que devem assumir as suas responsabilidades dos maus governantes que temos tido. De que se queixam então dos amigos e do socrates?