09 maio 2015

embustes

A coligação PSD/CDS pregou um grande embuste à direita liberal e o PS de Costa prepara-se para dar o mesmo tratamento à esquerda radical.
Porque não há diferenças significativas entre PSD/CDS e PS.

3 comentários:

José Domingos disse...

Claro que são farinha do mesmo saco.Do cds, ainda se poderia esperar alguma coisa, mas é um partido situacionista, nem sim nem não, antes pelo contrário, merecia um lider com carisma.
Estão todos prisioneiros do submundo do califado de São Bento, a grande maioria até anda de avental ecomo lhes disseram, que eram arquitectos, os resultados estão á vista. A caminho da quarta bancarota.

Libertas disse...

Os votantes do CDS são aqueles que mais se sentem traídos, estando furiosos e revoltados com o seu voto CDS de 2011.
Votámos CDS para ficarmos protegidos de aumentos de impostos, para ficarmos protegidos da gula tributária do PSD, mas em nome da estabilidade, levamos sucessivos murros no estômago, nomeadamente a aprovação do OE de 2013 que previa o tal enorme aumento de impostos que até hoje se mantêm no OE de 2014 e 2015.
O «partido dos contribuintes» foi um embuste e tornou-se mais um partido socialista, amigo de funcionários públicos e de aposentados ricos e precoces da CGA.


Harry Lime disse...

Estas ilustrações do Grande Vilhena são do melhor que há.

Rui Silva