16 março 2015

Medicina Veterinária

O que separa o nosso cérebro de um cérebro de cão?
Parece-me que, acima de tudo, o que separa é a maneira com o homem vê os outros animais e se vê a si próprio. Está por provar que o cão não tem a mesma percepção sobre si próprio e vê o homem como outro animal até um bocadinho mais limitado.
Está por provar que somos mais inteligentes do que os animais?
Acho que está. Claro que depende do conceito de inteligência. Temos um cérebro mais aperfeiçoado para os nossos padrões. Duvido que um cão ache que a nossa linguagem é mais interessante do que a dele ou que a nossa incapacidade de correr à sua velocidade seja melhor.
Mas o cão fará essas considerações?
Aí está, não sabemos. Sei que nós tivemos ao longo da História muita tendência de desvalorizar o outro, até o outro humano quanto mais o outro animal não humano. Não somos assim tão diferentes dos outros animais, temos claramente uma linguagem muito sofisticada que nos permite construir uma cultura, temos mãos que são uma vantagem evolutiva. E juntando a mão a um cérebro robusto construímos uma sociedade. Do nosso ponto de vista somos mais evoluídos e na verdade somos animais de sucesso no mundo. Agora não estou convencido que outros animais sejam incapazes ou não tenham emoções.


Comentário: Sem comentários.

Vou apenas contar uma anedota:

Um estudante de Coimbra desesperado por sacar uma guita ao pai, lá de Viseu, telefonou-lhe com a seguinte história:
- Ó pai, a Universidade de Coimbra tem agora um curso que ensina os cães a falar. Eu gostava de inscrever o Boby porque ia ser um show quando fosse aí de férias. Só que as propinas são 5.000,00 €...
O pai, um labrego certificado, anuiu e lá mandou o cheque.
Decorridos uns meses, o nosso estudante já tinha estourado a guita toda e resolveu telefonar ao pai com nova "proposta":
- Ó pai, a Universidade de Coimbra tem agora um novo curso que ensina os cães a ler e a escrever, só que este ainda é mais caro. São 10.000,00 €...
O pai, deslumbrado com o sucesso que o cão iria fazer em Viseu, concordou e enviou novo cheque.
Chegados ao final do ano letivo, o pai telefonou ao filho:
- Rapaz, está toda a gente incrédula, aqui em Viseu, à espera do Boby...
- Ó pai, só que surgiu um problema - respondeu o estudante. - Ontem, quando cheguei a casa, o Boby estava sentado num sofá a ler o jornal. Virei-me para ele e disse-lhe: ‹‹amanhã vamos para Viseu, o meu pai está todo contente à nossa espera››. E foi aí que ele me perguntou: ‹‹ouve lá, o teu pai ainda anda a comer a vizinha?››.
- Ai o delator! Que fdp... Esse cão tem de levar um tiro nos cornos... - disse o pai.
- Não te preocupes pai, já o abati.

PS: Foi uma pena este cão ter sido abatido porque se perdeu uma oportunidade de ouro para responder às inquietantes perguntas que o neurocientista de Coimbra nos deixou na entrevista que linkei acima. Que percepção têm os cães de si próprios e de nós?

12 comentários:

zazie disse...

ehehehe

Mas olhe que esta tara vem toda de cientóinos e coisas como o Peter Singer e assim.

Se quer que lhe diga é uma panca que alterou comportamentos em pouco mais de 5 anos (se tanto)

E não encontro explicação para isso.

Não eoncontro porque sempre tive animais, quando não era moda.

Hoje em dia é mais uma causa de ONGs e alimento para misantropia

zazie disse...

Isto é o darwinismo a trabalhar.

e a servir para compensar a falta de família, de filhos, de interesse por cuidar de velhos e de religião.

Endeusam os bichos, parecendo que estão mais sensíveis e humanos mas apenas estão mais indiferentes.

Rui Alves disse...

LOLOL

:-D

Anónimo disse...

Dá a impressão que Coimbra ( univerdidade) se mantém queirosiana...

JSP disse...

"UNIVERSIDADE" - FOI CONTÁGIO, CERTAMENTE...

marina disse...

o homem eh o bicho pior adaptado ao meio , la isso eh. tb eh o unico que faz lixo a pontape . tb eh o unico que elege xoninhas fraaquinhos corruptos para liderar , eh isso como se eleiçoes valessem mais cum belo duelo.tb eh a unica q vai em propaganda e publicidade.
ca pra mim falta provar ate que a especie humana seja inteligente.ele ha uns tantos humanos inteligentes , eh vero , mas uma andorinha n faz a primavera :)

Anónimo disse...

O meu cão passa o dia a dormir, só come ração top que custa uma pipa de massa, "leva-me" a dar uma volta de manhã e à noite e salta a todas as cadelas que passam por nós (quase sempre sem sucesso porque elas nem sempre estão para aí viradas).

Sinceramente, às vezes penso que o gajo é mais fino do que eu...

Zeze

Anónimo disse...

marina. É o mesmo que caga a relva dos jardins?

Anónimo disse...

eh,eh,eh

Álvaro Queirós disse...

Zazie,
"Isto é o darwinismo a trabalhar.

e a servir para compensar a falta de família, de filhos, de interesse por cuidar de velhos e de religião.

Endeusam os bichos, parecendo que estão mais sensíveis e humanos mas apenas estão mais indiferentes."

tenho tido alguma dificuldade em lê-la ultimamente, mas esta sua afirmação,,, potente,,, concordo plenamente consigo. :)

marina disse...

sei la , eu nao gosto de caes . animais q gostam de ter dono so podem ser assim tb meio estupidos , tipo homo sapiens sapiens sapiens pos pos moderno :)

Anónimo disse...

Bem vinda zazie. sempre a "dar vivas à Cristina".