13 setembro 2014

tendencialmente pago

O Serviço Nacional de Saúde apertou o cinto, as famílias pagaram mais. Entre 2011 e 2012 a despesa do Serviço Nacional de Saúde diminuiu e aumentaram "sucessivamente" os gastos das famílias com saúde, revela um balanço divulgado ontem pelo Instituto Nacional de Estatística. As famílias chegaram a pagar do seu bolso, além dos impostos que financiam o SNS, 28,8% do montante nacional gasto na área da saúde, valor recorde nos últimos anos.

Ionline

Comentário: O SNS faliu e ninguém deu por nada. Num país em que há um serviço de saúde público, geral, universal e tendencialmente gratuito, o facto das famílias suportarem cerca de 30% da despesa total diz tudo.

5 comentários:

lusitânea disse...

A pobreza que é o maior utente não paga nada...e os "acordos" com países estrangeiros ficam para a "dívida" que mais tarde ou mais cedo é perdoada...

zazie disse...

Ainda bem que suportam.

E deviam ainda suportar mais, de acordo com o valor do IRS.

Tal como as propinas.

Mas não chega porque os gastos com gestores, intermediários e médicos, são a grande mama.

Neyhlup Josand disse...

É preciso pagar a ADSE que lhe dá os clientes das varizes

É preciso pagar os 70 directores de serviço do São João ou os 60 do Garcia da Orta

É preciso empregar todo o médico que se forme em Portugal e pagar-lhe logo no início da carreira 2800 euros, sem que este saiba fazer nada sozinho

É preciso dar tacho aos administradores hospitalares formados na escola do Correia de Campos, o maior amigo da bancarrota dos Hospitais e dos Médicos( a correlação é muito grande).

É preciso afastar as pessoas do SNS pondo as que podem a pagar taxas moderadoras maiores que em outro lado qualquer.

O Caetano(in Depoimento) é que os topou mas já tinha feito o erro de socializar os Médicos, transformando o sistema de Saúde, que ainda não se chamava assim mas apenas a junção das Caixas de Previdência e dos Hospitais, num Centro de Emprego e Passeio para os Médicos.

Portanto... Maior poder médico crescente desde o 25 de Abril... pior cheira

zazie disse...

Literalmente isso, Josand

José Domingos disse...

E o zé pagante, pagando duas vezes, não é inconstitucional? Ou isso, agora, não dá jeito.
Este circo ( estado )cada vez nos sai mais caro, e são cada vez menos a pagar. E para pagar a todos os artistas do circo, o estado, fica cada vez mais musculado, começa a não ser fácil, ir buscar, onde não há...até um dia.