15 setembro 2014

foi na festa de S. Lourenço


J. Rentes de Carvalho
"Aqui Nasceu"
Pintura a óleo s/ tela, 50x70 - Adélio Martins


Foi nesta casa em Vila Nova de Gaia que a 15 de Maio de 1930, nasceu o escritor J. Rentes de Carvalho. O seu monte, a sua rua, a sua casa com escadas.
Nove meses após a festa de S. Lourenço em Estevais de Mogadouro, Trás-os-Montes, nascia J. Rentes de Carvalho. Foi nessa festa a 10 de Agosto de 1929 que o escritor julga que foi gerado. São revelações do seu romance "Ernestina" para mim, a sua melhor obra.
Esta era a casa do seu avô José Maria, um seu herói, e onde Rentes de Carvalho foi criado. José Maria, guarda-fiscal de profissão, comandou o posto da Afurada, era um pedagogo nato, e era ao colo do avô, que através da janela, o jovem Rentes de Carvalho aprendeu a ver a cidade do Porto, o panorama do rio Douro, as suas cheias, a ponte de D. Luiz, os armazéns do Vinho do Porto, o fogo de artifício na noite de S. João.
O avô através da janela tudo lhe ensinava. Ansioso esperava o seu herói sentado no cimo das escadas. O avô era a calma e o aconchego. Em frente a sua casa ficava o Largo do Monte dos Judeus, isto na boca do povo, hoje chama-se: Monte Coimbra. Para o jovem Rentes este largo era vasto como um mundo, hoje é um espaço diminuto ao cimo de uma tosca e estreita escadaria medieval. Brincava à porta de casa, um espaço não calcetado, poiso de cães e gatos vadios, esperando pelo avô, que trazia o "Janeiro" onde aprenderia a ler. Aqui passou a adolescência na companhia da avó Maria, com quem aprendeu a rezar, do pai Afonso e da mãe Ernestina.
São memórias do seu romance "Ernestina" inspirado na sua mãe e onde o escritor nos conta a sua infância em Vila Nova de Gaia, a vida escolar, a descoberta do Porto a grande cidade, e as férias sempre passadas na terra Natal dos seus pais e avós, em Estevais de Mogadouro.

Fui descobrir o local onde nasceu o enorme escritor J. Rentes de Carvalho, e tentei recriar o que seria o Monte dos Judeus em 1940.

Adélio Martins

2 comentários:

Anónimo disse...

"escadaria medieval"?
LOL

Adélio Martins disse...

"a tosca e estreita escadaria medieval" não é a que se vê na imagem, mas sim a que dá acesso do rio Douro ao Monte dos Judeus, e que ainda hoje é usada pelos moradores para o acesso às suas moradias.