18 março 2014

anexados pela RFA?


Portugal foi “anexado” pela República Federal da Alemanha e, se bem que a Alemanha não tenha nenhuma base naval de submarinos em Portugal (como a Rússia em Sevastopol), a verdade é que o Tridente e o Arpão, residentes na Base Naval do Alfeite, foram made in Germany.
Portugal integra uma união submetida aos ditames do Deutsches Reich e, tal como a Crimeia (e até a Ucrânia), não tem, neste momento, a autonomia administrativa de um Estado soberano.
Dançamos ao ritmo dos boches, curvamo-nos às suas exigências e ainda agradecemos os raspanetes.
Pode parecer que um país do tamanho de Portugal significa pouco para a Alemanha, mas tal não é o caso. Num mercado global, nós competimos com a Alemanha na área financeira, na captação de investimento estrangeiro, na localização da sede de grandes multinacionais e até na captação de talentos científicos e culturais.
A Irlanda, que nunca baixou as calças à chanceler alemã, concorre diretamente com o Reich, em todas as áreas que mencionei. E com sucesso, ao ponto dos irlandeses terem um nível de vida superior ao dos alemães (PIB per capita Irlanda = $41,000; Alemanha = $39,500).
E é ver o prurido que as políticas fiscais e sociais irlandesas provocam na Alemanha. Nós não provocamos prurido porque entupimos a nossa economia com vícios protestantes, desfasados da cultura portuguesa.
Tal como Putin na Crimeia, Merckel não disparou um tiro para anexar Portugal. Envolveu-nos lentamente na sua teia de interesses e fez-nos pensar que nos estávamos a tornar modernos e ricos. O mesmo sucedeu aos gregos e aos espanhóis e até um pouco aos italianos. O único PIG que escapou da pocilga foi a Irlanda.
Só nos falta mesmo um referendo, para perguntar aos indígenas se querem ser alemães.
Jawhol! Sim, queremos ser alemães e sim, queremos integrar o Deutsches Reich. Nos próximos 1000 anos, digo eu.

23 comentários:

Vivendi disse...

Bem apanhado Joaquim.

Segundo a teoria de alguns insurgentes a culpa é de Salazar.

Sobre a anexação prefiro ser anexado pelos alemães do que pela maçonaria se bem que a melhor opção passa pelo aparecimento massivo na Europa de cidade-estados e região-estados.

Bmonteiro disse...

Pois. A culpa é de Lady Merkel.
Para sossego dos nativos.

Bmonteiro disse...

Pois. A culpa é de Lady Merkel.
Para sossego dos nativos.

Anónimo disse...

Os alemães já estão a tremer com tanta competição… esqueceu-se de referir os automóveis, aviões, motas, máquinas de todo o tipo, química, bicicletas, piões e piascas de madeira de pau… É bom que se comportem, senão…
A Irlanda não baixou as calças porque a natureza do que lá se passou não tem qualquer relação com a natureza do que cá se passa. Vá perguntar aos Irlandeses quantos km de autoestradas têm. E quantos TGVs meios começados e meios por começar… -- JRF

Anónimo disse...

E digo-lhe mais Joaquim, abra os olhos. Eu tenho uma série de processos a decorrer e ando absolutamente sem palavras para descrever a actuação de fornecedores portugueses… só num país rico onde se continua a não precisar de trabalhar… grandes marcas tecnológicas, se quero resolver um problema, tenho de escrever lá para fora, ou para me atenderem ou para mandarem uma pranchada nos broncos de cá, que depois ainda me atendem pior… Inacreditável.Tenho comprado virtualmente tudo fora, é mais barato e não tenho 1/10 dos problemas… Dentro em breve vou mandar vir uma máquina da Holanda, já estou a tratar do assunto. A marca está cá representada, estou à espera de uma demonstração há duas semanas depois de um telefonema e posterior mail a solicitá-la… e é para vender Joaquim, imagine quando há problemas. -- JRF

Anónimo disse...

E mais ainda: há uns 10 anos eu fazia uns serviços com uns prazos muito específicos que nunca falhei. Uma única vez, pedi aos funcionários para trabalharem no Sábado. Adivinhe lá o que aconteceu. Eu fiz tudo sozinho e nunca mais sequer sugeri tal coisa. Mas ficamos conversados.
Isto correu mal, essa tropa emigrou. Há um, que foi particularmente veemente a recusar trabalhar ao Sábado, que está hoje na Alemanha. Pergunto-lhe Joaquim, qual é a atitude desse indivíduo no trabalho que tem na Alemanha (que nem sei qual é)? Encara o trabalho da mesma forma que encarava cá? Duvido muito. -- JRF

Anónimo disse...

Joaquim! Não há ironia que o safe… Continue a fazer posts destes. Não são só os submarinos que são feitos na Alemanha. Ainda hoje recebi um livro chegado de Lisboa e ainda não o tinha tirado do plástico e a qualidade já era palpável. Fui logo ver onde fou impresso. Adivinhe lá onde foi. Dou-lhe uma dica: Em Lisboa é que não. -- JRF

sampy disse...

É hora de retomarmos as nossa raízes ancestrais visigóticas e suévicas. Reinstauremos a Pan-Godia! Viva a realeza bárbara! Volta, Recaredo, que estás perdoado!!
E aprendamos de vez a não brincar com a mourama...

Para a Posteridade e mais Além disse...

não 1º a união europeia não dura 20 anos

logo nem 2% dos taes mil anos

a frança vai custar mais aos alemães que o sul da europa todo


e obviamente numa europa velha e cheia de velhos

onde até a república de veneza aspira À independência

é só escolher sair do marco alemão e ir pró drama grego
ou é drachma?

ou se calhar bolívar
uma dessas moedas como a lira turca

sahir do euro é o ideal

convem ter comida enlatada pra 3 anos e bué de cartuchame

e eu qu'atiro tão mali disse...

gasto um carregador por cada preto

taawaciclos disse...

"O único PIG que escapou da pocilga foi a Irlanda" simplesmente porque "INTERESSES MAIS ALTOS SE ALEVANTAM!"

CRH, Google, Microsoft, DCC, Dell, Smurfit Kappa, Oracle, Pfizer, Gilead, Kerry,Apple, ESB, Topaz, Tesco, FAcebook, Intel, Adobe, Symantec, Kingston... BEM, nem continuo! Todas elas movimentam muitos biliões de EUROS... Daí que NeoNazi Merckel e seu gangue não possa fazer muito! Os CÃES destas Corporações trabalham para os DONOS DO SISTEMA MONETÁRIO! E no final de contas a Merckel também não deixa de ser uma cadela com trela, ao serviço dos DONOS!

Anónimo disse...

Não sei se são os alemães. A culpa não é deles. É nossa. Muito nossa.
.
Senão vejamos, façam um exercício comigo.
.
Imaginem o vosso dia-a-dia. Desde que acordam até que se deitam.
.
Pois bem, acordamos ao som de um despertador japones da Sony, ligamos uma lampada holandesa da OSRAM, barbeamo-nos com uma Phillips, lavamos os dentes com uma Colgate, as mulheres maquilham-se com (bolas não me ocorre marca nenhuma, mas é estrangeira)...
.
... pegamos no nosso carro Italiano ou Sueco ou Alemão, que tem pneus japoneses ou franceses, abrimos o portão automatico belga, enchemos o tanque com um combustivel arabe ou angolano com marca Total ou BP.

Usamos um teleovel americano da apple ou coreano da samsung, abrimos os emails da outlook ou da gmail amaericanas. O antivirus é israelita ou americano. Os satelites de comunicações são estrangeiros, e eis que nos pomos a escrever um texto no Word americano, ou a fazer umas contas no excel americano.
.
Abrimos o computador num sistema operativo da microsoft ou da aple americanos, procuramos amigos no facebook americano, usamos uma impressora americana ou japonosa. E quando nos dá a fome vamos ao restaurante onde servem bifes que vem do brasil ou da polonia ou de espanha ou da holanda (é ver a origem nos supermercados para ficar esclarecido).
.
E nem tentem perceber de que parte da china vem as fechaduras das nossas portas de casa. Nem da mangueira que rega o jardim, nem a marca do corta relvas, nem a do tractorzinho.
.
As ferramentas, bem, essas vem todas da china. Se quiserem pendurar um quadro na parede usam um berbequim da Bosch. A minha motinha é japonesa (mas eu gostava das Casal Boss).
.
E pronto, valha-nos o vinho alentejano e do douro, os chouriços de tras dos montes, a agua, o leite dos açores e a manteiga... e o queijo da serra.
.
Se o governo não percebe porque é que as importações estão a disparar e as importações a desacelerar a grande velocidade, então, bolas, estes tipos não acordam de manha a pensar naquilo que usam.
.
Rb

Anónimo disse...

errata:

«Se o governo não percebe porque é que as importações estão a disparar e as EXPORTAÇÕES a desacelerar a grande velocidade, então, bolas, estes tipos não acordam de manha a pensar naquilo que usam.»
.
Rb

marina disse...

lá que faz impressão ler " passos já não leva o trunfo à merkel pq o seguro patati patata " ou qualquer coisa assim , faz ..é a imperatriz , está visto. e a culpa nem é dela , é dos bananas que vão ao beija mão.

Anónimo disse...

Antivírus caro RB?… Get a Mac. E ferramentas de jardim, compre holandesas, DeWit ou Sneeboer. Mas essa conversa toda para quê? Eu só compro português se for tão bom ou melhor que o que é estrangeiro e isso tem dois problemas: Muitas vezes é uma valente merda; muitas vezes, a maior parte, nem há; para quê insistir nisso?
Por falar em Irlanda, tive um programador a trabalhar comigo que, digamos, não vamos entrar em detalhes, mas não acabou uma única coisa… nem para receber. Agora está na Irlanda, supostamente a trabalhar para um desses cães e a criar riqueza. Porque não a criava em Portugal? A culpa deve ser dos cães.
Não troco os meus dois Pastores Belgas Malinois por nenhum desses incansáveis trabalhadores (julgavam que eram Pastores Alemães e de facto podiam ser, mas não são). Neste blogue só eu é que gosto dos alemães. -- JRF

zézinho disse...

Vosselências aqui com estas merdices enquanto andam para aí uns gajos a tirar fotografias ao nascimento(é o que eles dizem)do Big-Bang. Só não se sabe ainda se foi cesariana é se menino ou menina, mas estou em pulgas.

Anónimo disse...

Estás enganado JRF. Eu gosto dos alemães.
.
A ideia era revelar que, na verdade, nada produzimos com real Valor no dia-a-dia das nossas vidas.
.
Rb

Anónimo disse...

" tive um programador a trabalhar comigo que, digamos, não vamos entrar em detalhes, mas não acabou uma única coisa… nem para receber"

Pois mas na Irlanda deve ser o maior, porque em Portugal o que falta e boa gestao, e tudo em cima do joelho e a desenrascar, metodologia...que??.

Aqui (e suponho la) e tao by the book, que quando fui tirar a carta de conducao tiveram que reunir para decidir como colocar o meu longo nome na mesma que obviamente com tanto nome de familia nao cabia.

Elaites

PS: a razao e que aqui a carta e o documento oficial de identificacao.

Anónimo disse...

E muito by the book, mas tambem tem coisas curiosas, nao e preciso identificacao para ir votar, isto porque quem nao tem carta ou nao tem passaporte nao tem documento de identificacao.

O processo e feito com listas impressas em papel com o nome do pessoal. E possivel ir a varios locais de voto e votar mais que uma vez.

Quando detectado o voto nao e anulado, obviamente porque e confidencial. O culpado e notificado para pagar uma multa que e facilmente desculpada visto nao se poder provar quem fez realmente o voto.

Ja existe alguma pressao para aumentar o controlo, a razao porque ainda e permitido e que a incidencia de votos duplos e marginal.

Elaites

Anónimo disse...

Ò Elaites, o Google, a Apple, a Microsoft a minha empresa não é, nisso de acordo… E esse artista até trabalhava remotamente, era uma coisa moderna para a época!
Infelizmente tinha um pequeno defeito: não acabou nada. A minha tese é que esse pequeno defeito não se manifesta lá fora… Porque lá fora é que é bom… até comem relva aos Sábados e Domingos se for preciso.
Dito isto, conheço muito empresário bem mais bronco que os funcionários. Enfim, é um problema e não vejo solução. Falta educação, acima de tudo… -- JRF

Em Soares eu Creio os ministros que Abril nos deu são piores que Hitler e Mussolini ou agente leu mal? disse...

falta inducación ó mê bon amo agente é inté inducada dimais

já lol....já hole

jaw ....é mais un hole de dentada du tiburón né

si reich de 1000 ânus e de mil asnos
e sunt todos de pretucale

excepto us greques queques

Anónimo disse...

Este está de diarreia.

DOCTOR NO, NO, NO VIEGAS NO PLEASE- JUST SAY NO disse...

mas logo para

soares gripa e depois dá diarreia

já tu é sempre no caganço

bom sei lá é de famiglia né.....

cagação permanente