12 maio 2018

Quinze

O  Nuno Botelho foi aluno do Professor Paulo Rangel na Universidade Católica do Porto em 1991. Ele estava no 1º Ano de Direito e o Professor Paulo Rangel estava no primeiro degrau da sua carreira académica, era então um jovem Assistente de Ciência Política e Direito Constitucional.

O mundo mudou muito nos últimos 27 anos e assim aconteceu com o estatuto académico do Nuno Botelho e do Professor Paulo Rangel - o Nuno Botelho é hoje licenciado em Direito e o Professor Paulo Rangel continua Assistente de Ciência Política e Direito Constitucional.

O Dr. Nuno Botelho é actualmente o Presidente da Associação Comercial do Porto, uma veneranda instituição da cidade com sede num dos seus mais emblemáticos edifícios  - o Palácio da Bolsa. Apresentou-se no Tribunal de Matosinhos há uma semana como sendo empresário e, para um liberal como eu, faz todo o sentido que na presidência da ACP esteja um empresário, de preferência um comerciante.

Eu só estremeci no banco dos réus foi quando o Dr. Nuno Botelho disse que a ACP tinha quinze directores e que o Professor Paulo Rangel  aportava credibilidade à presidência:

-Quinze!?

e fiquei a sonhar com a internet, porque eu quando estou sentado no banco dos réus, para matar o tempo, sonho com a internet e com o Portugal Contemporâneo.

Mais tarde nesse dia, ainda antes de aceder à internet, eu comentei com um amigo:

-Sabes que a ACP tem quinze directores?... Não é possível governar uma instituição com quinze pessoas sentadas à volta da mesa a tomar decisões... não é possível formar consensos...

Mas, o meu amigo que é mais sagaz do que eu, atalhou:

-A menos que eles, antes de entrarem para as reuniões, já tenham os consensos formados...

Fiquei a pensar na observação enigmática do meu amigo e logo que cheguei a casa fui à internet ver a página da ACP (cf. aqui). E tive uma pequena surpresa. Quatro dos directores da ACP testemunham contra mim neste processo judicial (cf. aqui), sempre é 30% da direcção. Para além do Dr. Nuno Botelho, também o Professor Paulo Rangel, o Dr. Avides Moreira e a Dra. Maria José Barros.

Ora, eu acho perfeitamente natural que um empresário seja director, e até presidente da Associação Comercial do Porto, especialmente se fôr comerciante. Mas já é mais difícil de compreender que na direcção de uma Associação de comerciantes estejam também dois advogados e uma administradora hospitalar mais todos os outros até perfazer dezena e meia.

O que é que unirá toda esta gente?

Foi então que me coloquei as seguintes hipóteses:

(i) O Futebol Clube do Porto
(ii) A profissão de comerciante
(iii) O Partido
(iv) Foram todos alunos do Professor Paulo Rangel
(v) Nasceram todos no mesmo dia

(Se fôr o primeiro a acertar na resposta, eu publico)

3 comentários:

dfrodrig disse...

como o Professor Paulo Rangel não pode ser aluno de si próprio, terá que ser o Partido!

Zé do Pipo disse...

Claro que é a iii. Porque se fosse pelo FCP tinha que lá estar também o Pinto da Costa, carago.

Manolo disse...

No puedo despertar tarde...