12 março 2006

a milagrosa corrente de s. judas milagreiro

Parabéns! Você acabou de receber uma carta que lhe vai alterar a vida. Basta seguir as instruções e tudo o que sempre ambicionou - poder, influência, prestígio, dinheiro, mulheres (ou homens), felicidade e saúde - estarão ao seu alcance. Mas, se ao contrário do que aqui está prescrito, você quebrar a corrente, arrisca-se a pesadas e dolorosas consequências.
A Milagrosa Corrente de S. Judas Milagreiro existe há muito tempo e deu já várias voltas ao mundo. Começou na Alemanha, em 1930, quando um vulgar cabo de guerra a descobriu e iniciou. Em pouco tempo conquistou privilégios e mordomias nunca antes sonhadas. Mas, ao fim de alguns anos, esqueceu a origem da sua ventura e quebrou a corrente. Caiu-lhe em cima a desgraça e desapareceu da face da terra.
Para que você possa beneficiar desta corrente milagrosa basta enviar 200 cópias aos seus melhores amigos. Se se enganar não tem importância. Se quiser mandar aos inimigos, também pode. O que interessa é que a corrente continue a dar voltas ao mundo e não seja quebrada. Veja agora alguns exemplos reais do que sucedeu a algumas pessoas que fizeram seguir ou interromperam a corrente.

Em 2004, um antigo militante maoísta recebeu a Milagrosa Corrente de S. Judas Milagreiro e deu-lhe seguimento. Estava farto do que fazia, não tinha horizontes e sentia-se abandonado pelos amigos. Ao fim de duas semanas em que enviou as 200 cópias, recebeu um inesperado convite para um lugar de liderança mundial que prontamente aceitou. Hoje, sente-se feliz e realizado, ganha bem e convive com os grandes deste mundo.
Em contrapartida, um octogenário que, outrora, dera andamento à Milagrosa Corrente de S. Judas Milagreiro, quebrou a corrente e caiu em desgraça. Talvez não o tenha feito por mal, mas pela avançada idade que lhe afectou a memória. Não interessa: a Corrente opera automaticamente e quem a quebrar leva! Perdeu eleições, foi traído por amigos íntimos e acabou a descer sozinho as escadas de um Palácio que no passado fora seu.
Experiência diferente teve um importante professor de economia, que entrou na Corrente há vinte anos atrás e, por lapso momentâneo, esqueceu-se de a continuar ao fim de dez anos: perdeu tudo o que conquistara até então e viveu afastado do mundo durante os dez anos seguintes. Mas não deu o tempo por mal empregue: durante todo esse período, desdobrou-se a escrever cartas aos amigos e inimigos e, agora, a fortuna voltou a sorrir-lhe. Por muito tempo.
Um dos inimigos que recebeu a carta foi um jovem turco, cujo prolongado sucesso público aparentemente contrastava com os méritos pessoais. Erro! O felizardo estava na Corrente Milagrosa havia muitos anos e, por isso, a sorte batia-lhe diariamente à porta. Tresloucado por saber que o seu velho inimigo também entrara na Corrente, resolveu quebrá-la para o tentar prejudicar. Desgraça: em quatro meses foi despedido do emprego que tanto lhe custara conquistar e ficou nas ruas da amargura, donde não se antevê que saia tão cedo.
O último beneficiário da Corrente Milagrosa de S. Judas Milagreiro é um jovem engenheiro por quem poucos davam muito, mas que se desmultiplicou a escrever cartas e a enviá-las por esse mundo fora. Está, hoje, bem na vida, e tenciona continuar a Corrente.

7 comentários:

Pedro Morgado disse...

É brincadeira?

rui a. disse...

É.

António Torres disse...

ehehehehehheehhe

Pedro Morgado disse...

ufff... estou mais descansado...
Anda para aí tanta curandeirice e tanta gente a acreditar naquelas coisas que eu à vezes até fico baralhado.

Combustões disse...

GENIAL !!!!!!

Anónimo disse...

Enjoyed a lot! video editing programs

Anónimo disse...

I have been looking for sites like this for a long time. Thank you! american tv Reasons to quit smoking cigarettes Merchant account services internet merchant account payment gmc canada bikini lingerie cialis for order viagra