18 maio 2014

vamos aprender chinês

"Es de puta madre"

Comentário: Os governantes portugueses têm esta característica curiosa: são animais ferozes dentro de portas e mansos no estrangeiro.

16 comentários:

mujahedin مجاهدين disse...

Não percebo agora qual é o problema.

Não são mansos por espetarem com a merda do inglês até ao 12º?

Que necessidade há disso quando se ouve inglês todos os dias?

Disso ninguém se queixa.

É impressionante é como o tuga consegue ir para o estrangeiro e permanecer um pacóvio, isso sim.

É melhor falar com os chineses em inglês, né?

Até com os espanhóis o pessoal fala inglês. Adoptemo-la como língua oficial, pronto.

Isso é que é bom, não?

Ah e outra coisa, já o vi para aí escrevinhar em abortês. Portanto, acho que de línguas, estamos conversados. Fale de aquecimento dr., fale de aquecimento...

zazie disse...

E uma opcao e at]e acho muito boa ideia.

mujahedin مجاهدين disse...

Também eu.

Anónimo disse...

"Os governantes portugueses têm esta característica curiosa: são animais ferozes dentro de portas e mansos no estrangeiro."

Não, são fortes com os fracos e fracos com os fortes.

Anónimo disse...

Pois é. São muito ferozes cá dentro mas não conseguem caçar o Palito, eheheheh. Nem de riso me ter com posso.

Anónimo disse...

Aplendele a lêl mandalim deve sele dificile pala calamba.
.
Os business man chinocas que andam pol angola falam, todos eles, muito bem o ingles. E é assim que um gajo tloca implessões com eles. Usam o tradutole do telemovel deles para dizer algumas palavlas chave em poltugues. E eu gosto muito quando eles falam o poltugues do translatol da google.
.
É clalo, chinês que saia de leunião almoço comigo, como qualquel bom poltugues, sai a falar o veldadeilo velnaculo poltugues.
.
Rb

zazie disse...

eehehe

Luís Lavoura disse...

É uma caraterística geral dos portugueses, serem muito mansinhos quando no estrangeiro. Os emigrantes portugueses têm muito boa reputação por isso.

zazie disse...

Continuo sem perceber que raio tem a ver ser-se manso ou subserviente com ser-se pragmático e possibilitar aulas de mandarim a uma geração que vai ter de lidar com eles.

É uma mais valia, na volta, superior, às aulas de espanhol que já existem.

Mas pronto, os liberais são v.s incluindo o liberal da esquerda da lavoura.

zazie disse...

E mais que isso- Pensando melhor, a vantagem é enorme, até a nível cultural para se poder ler e estudar coisas que são também património português.

Mas os neontontos só aprendem americano.

mujahedin مجاهدين disse...

É claro Zazie.

Mas esta bacocada gosta é de debitar inanidades assim. Na volta, não fazem senão descreverem-se...

O portuga não é manso ó bacoco. Sabe é estar, que é diferente. Ao contrário da bifalhada, gringalhada, etc que Vs. gostam tanto, quando sai de Portugal, não conta vir a encontrá-lo para onde vai.

Os emigrantes têm boa reputação porque sabem estar, não causam problemas e trabalham. É tão simples quanto isso.

Quanto ao chinês, por mais que eles falem inglês, é sempre melhor falar na língua deles. E o aprender chinês não é para falar em Portugal. Em Portugal devia falar-se português. É para falar .


Ricciardi disse...

Fiquei a pensar nas vantagens que se obteriam para o país se todos aprendessem a falar chines na escola. E veio-me à cabeça uma desvantagem que poe de lado todas vantagens imaginadas.
.
Entao, se todos aprendessem a falar chines, como é que, raios, um gajo, no meio de uma discussao, dizia " mas eu estou a falar chines ou quê?"
.
Nao pode ser. O chines tem que continuar a ser um enigma. Pronto, saber dizer shop soi de galinha, está bem. Saber dizer uns palavroes tambem me parece bem. Mais do que isso parece-me mal.
.
E depois, Deus teve as suas razoes para pôr aqueles tipos da torre de babel a falar linguas diferentes.
.
Rb

zazie disse...

ehehehehehehe

zazie disse...

"Mais do que isso parece-me mal"

":O)))))))))))

Pedro Sá disse...

hihihhiihih

lusitânea disse...

Mais uma discriminação contra a africanidade.Então quando é que se aprende o crioulo?A RTP África a dar em crioulo era um ronco...