12 junho 2018

um criminoso

Eu gostaria muito de ter ou vir a ter uma relação de confiança ou lealdade recíproca com o advogado Emílio Cuatrecasas, accionista maioritário da sociedade de advogados Cuatrecasas e seu presidente até há pouco tempo.

Mas não tenho, nem nunca virei a ter.

Porquê?

Porque ele é um criminoso (cf. aqui).

2 comentários:

Anónimo disse...

no rodapé da página:

http://expresso.sapo.pt/sociedade/2018-06-12-Pedro-Arroja-condenado-a-pagar-9000-por-comentarios-na-TV-mas-absolvido-de-difamacao-a-Paulo-Rangel

Anónimo disse...

a curiosidade é que no corpo da notícia sobre o PA não aparece a palavra 'cuatrecasas'