26 setembro 2014

Diferença e relação

Retomo agora o tema da personalidade como característica distintiva entre um povo e a massa.

Uma família aqui centrada numa mulher, outra na vizinhança e ainda outra mais além. Os filhos de cada família, em termos espirituais ou de personalidade, são muito diferentes uns dos outros, e entre famílias as diferenças são ainda maiores. É esta teia de famílias, em que as relações entre elas são ainda, e principalmente, intermediadas pelas mulheres, que forma um povo.

Retire-se a mulher do centro da família, ou torne-se a mulher igual ao homem. O que vai acontecer a cada família, e às relações entre famílias?

Os filhos tornam-se todos mais iguais, esbatendo-se  as diferenças de personalidade e aumentando o distanciamento entre eles, as famílias também ficam mais iguais umas às outras, e as relações entre famílias enfraquecem. Agora, já não existe um povo. Agora, existe uma massa.

O que é que existe no povo, mas que não existe na massa?

Diferença e relação - características que são, em primeiro lugar, femininas.

(As mulheres são muito mais diferentes entre si do que os homens, e também muito mais relacionais. Por que é que é assim? Porque Deus assim quis. A resposta ao último porquê é sempre a mesma e uma só - Deus)

E na massa?

Igualdade e isolamento - características que são, em primeiro, masculinas.

(Os países nórdicos e luteranos são os países mais igualitários da cultura Ocidental e também aqueles onde as pessoas vivem mais isoladas umas das outras -  mais de 50% da população vive só. Em termos de população filosófica, o exemplo acabado do loner era, evidentemente, o Kant - um luterano).

8 comentários:

Anónimo disse...

Como todo o grande filósofo Kant era um eremita.
Nada de errado nisso.

D. Costa


Anónimo disse...

Caga para um saco, tempera e come.

Antonio Cristovao disse...

Por isso é que indianos e muçulmanos são povos como são: as mulheres são o centro da vida familiar e bem escravizadas. A cultura e desenvolvimento tambem explicam muito.

Anónimo disse...

Certo...tenho visto isso em algo que agora se tornou senso comum por aqui. Esta nova moda de diagnosticar o povo com ADD ADHD, Bipolar, Aspergers..etc.

Para mim e uma dificuldade em aceitar a diferenca e tentar normalizar o que se considera diferente. Bolas ADD no meu tempo resolvia-se com um par de palmadas, agora e com drogas.

Abraco

Elaites

Anónimo disse...

Por favor, Sr. Elaites, não fale em palmadas cá neste sítio, que se acordo entre nós, é nisso mesmo.
Mas, se não sabe, digo~lhe eu: poderá parecer-lhe toléria, e até o poderá ser, mascá a nossa Zazie fica tola quando lhe falam em palmadas, E é matéria de discórdia acesa entre muitos saber de onde virá isso. Da infância, da agitada puberdade, ou desta senilidade galopante? Vá lá Deus saber. Só pode.

Populaça, grto e intrigado

Meme disse...

Os reformistas querem fazer uma contra reforma do capitalismo...
http://www.forbes.com/sites/stevedenning/2014/09/26/has-capitalism-reached-a-turning-point/

Gustaf disse...

Será coincidente com a decadência ocidental a ascensão das mulheres ao Poder e à Igualdade?

Fêmeas no Poder= Destruição da coesão=impossibilidade em governar

Pedro Sá disse...

"Por que é que é assim? Porque Deus assim quis."

Isto é lógica islâmica sabe? :D