08 maio 2014

diário "de Rodriguez" - 13º dia II

Ir ao super com a minha filha é uma aventura. Arrastamos um cesto com rodas e vamos atirando para lá o que nos apetece. Coca-Cola, Ice Tea de limão, pipocas, cereais, queijo Brie, trufas de chocolate, fiambre e fruta - morangos, bananas e pera abacate.
- Tá tudo?
- Acho que sim...
A menina da caixa tirou-nos logo a medida e ia sorrindo à medida que enchia os sacos. Chama-se Elena, sem H, e é moldava, mas fala razoavelmente português.
Quando acrescentamos umas caixas de pastilhas elásticas, o sorriso da piquena passou a riso. Perguntou então à B.:
- A tua mãe não te deu uma lista de compras?
- A minha mãe está em S. Francisco...
Decidi então aproveitar o momento e na minha voz "abaritonada" pela constipação, disse:
- Estou "de Rodriguez"... Sabes fazer refogado de frango?
- Não, mas faço um Stroganov...
Não sei o que me passou pela cabeça quando subitamente lhe perguntei:
- Tens Face?
Nessa altura a minha filha puxou-me o braço e disse-me:
- Ó papá, a gente come batatas fritas.
Despedi-me com um sorriso:
- "Spasibo" - deve estar russificada, pensei. Até me podia ajudar a escrever uns posts sobre a Ucrânia.

5 comentários:

Pedro Sá disse...

Deve julgar-se muito herói a fazer propostas a outras à frente da filha...

Anónimo disse...

Caro Pedro Sá,

Falta de sentido de humor.

Joaquim

mujahedin مجاهدين disse...

Epá ó susceptível dr. que é que V. fez aqui ao Sá? Parece perturbado...

zazie disse...

Sempre que se fala em mulheres o Sá fica perturbado.

Anónimo disse...

Face é bem… o Joaquim é uma espécie de Giacometti da blogo. é mesmo. -- JRF